Vale Saúde - Logomarca

Sobre a Vale Saúde

Rede de Atendimento

Blog

Ajuda

Médico é especialista na reparação de características físicas do paciente, por motivos de saúde ou estéticos

Cirurgião plástico

Médico é especialista na reparação de características físicas do paciente, por motivos de saúde ou estéticos

O que faz o cirurgião plástico?

O cirurgião plástico é o médico especializado no tratamento de patologias e traumas e em buscar melhorias nas características estéticas de seus pacientes. Ele se especializou em um tipo de cirurgia para remodelagem ou reconstituição de partes do corpo.

Sua atuação pode envolver o tratamento de problemas congênitos e de reparação (pacientes que tiveram sequelas ou cicatrizes ocasionadas por queimaduras, procedimentos cirúrgicos, lesões, acidentes, entre outras causas), assim como atender o desejo de mudança da aparência física.

A rotina de trabalho envolve atendimentos em consultório e procedimentos em clínicas e blocos cirúrgicos. Devido ao grande número de profissionais atuando na área, o médico especializado em cirurgia plástica enfrenta um mercado de trabalho bastante competitivo, porém ainda com alta remuneração.

O especialista realiza operações em qualquer parte do corpo, sendo as mais comuns no rosto, nas mãos, nos seios, nos glúteos e no abdômen. São várias as especificidades de atuação da cirurgia plástica, sendo algumas delas: rinoplastia, microcirurgia, pós-bariátrica, disforia de gênero, lábio leporino, maxilar, câncer de pele, queimaduras, tumores e transplante capilar.

Procedimentos com foco estético

Visando à beleza, os procedimentos cirúrgicos realizados por este especialista têm como objetivo melhor harmonia e uma reestruturação visual, com base no padrão almejado pelo paciente, implicando no aumento da autoestima, melhor qualidade de vida e saúde mental equilibrada.

Apesar de nem sempre afetar a saúde física, um incômodo estético pode afetar a parte psicológica de uma pessoa. Por isso, o cirurgião plástico precisa ser um profissional sensível e atento a emoções, para encontrar o melhor resultado possível e saudável para o seu paciente. Muitas vezes, o que o paciente necessita é de uma boa orientação ou até de suporte psicológico.

Ao tratar transtornos dismórficos e alimentares, depressão e tantos outros problemas com esta origem, a pessoa pode vir a compreender que não necessita de um reparo plástico via cirurgia, que sempre tem algum risco.

Além disso, quem pensa em fazer uma cirurgia estética deve em primeiro lugar saber que precisará dedicar um tempo ao planejamento pessoal para o procedimento. Outro ponto importante a considerar é que a maior parte das intervenções deixa cicatrizes e, em muitos casos, elas podem ser extensas. Ainda vale considerar que, após a cirurgia, o paciente deverá se dedicar totalmente a seguir as recomendações médicas para uma boa recuperação. Quando elas não são seguidas, o mau comportamento pode prejudicar o resultado do procedimento.

Os procedimentos mais realizados são lipoaspirações e implantes de prótese de silicone nos seios. Planos de saúde, geralmente, não cobrem intervenções cirúrgicas consideradas estéticas, e a rede pública dificilmente realiza procedimentos que não sejam reparadores, como as de queimaduras, por exemplo.

Quais são as principais áreas de atuação da cirurgia plástica?

  • Cirurgia reconstrutiva (sequelas de traumas, queimaduras, reconstrução mamária, cirurgias de tumores cutâneos, reconstrução osteomuscular e cutânea);
  • Cirurgia craniomaxilofacial (anomalias congênitas, como Fissura Lábio-palatina, traumatismos faciais, reconstrução de cabeça e pescoço, anomalias do desenvolvimento;
  • Microcirurgia (mão);
  • Reconstrução Pós-Bariátrica;
  • Cirurgia estética (rejuvenescimento - pálpebras, preenchimento; transplante capilar; cirurgia íntima; lipoaspiração, abdominoplastia, implantes de silicone);
  • Bichectomia (diminuição das bochechas);
  • Rinoplastia (nariz);
  • Mentoplastia (queixo);
  • Otoplastia (orelhas).

Quando devo procurar um cirurgião plástico?

Se algo desagrada o paciente em seu corpo e atrapalha a sua rotina nas relações pessoais ou profissionais, diminui sua autoestima ou o prejudica de alguma forma o dia a dia, este pode ser um sinal para procurar um cirurgião plástico. Nem sempre a cirurgia plástica é a única saída. No caso de gordura abdominal, por exemplo, quando a barriguinha é formada pelo armazenamento de gordura visceral (a mais perigosa), a única solução é a perda de peso por meio de dieta equilibrada e exercícios físicos. Portanto, é imprescindível que você procure um especialista preparado para conduzir o seu tratamento e juntos chegarem a uma decisão saudável.

Tire suas dúvidas sobre a Vale Saúde na nossa central de ajuda

Vale Saúde - Logomarca
Vivo - Logomarca

A Vale Saúde é uma assinatura e não um plano de saúde.

*Valores de referência em SP Capital, podem variar dependendo do prestador e região do país, mas o preço exato será informado na solicitação de orçamento e agendamento. Os serviços de saúde são de inteira responsabilidade dos prestadores, sendo a Vale Saúde apenas meio de pagamento e plataforma que conecta o usuário com a rede credenciada. Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.

Copyright © 2022-2023 Vale Saúde. Todos os direitos reservados. CNPJ: 14.336.330/0001-67 | Av. Engenheiro Luis Carlos Berrini, 1.376 - Cidade Moções 04.571-936 – São Paulo/SP – Brasil