Vale Saúde - Logomarca

Sobre a Vale Saúde

Rede de Atendimento

Blog

Ajuda

Urocultura

Exame detecta e identifica bactérias causadoras de infecções no trato urinário

Ícone de exame médico

Exames laboratoriais e de imagem

A PARTIR DE

R$ 4,90

Consultas presenciais e por telemedicina

A PARTIR DE

R$ 70

Pronto atendimento online com Clínico geral e Pediatra

24H POR DIA

R$ 49,90/consulta

O que é urocultura?

O exame de urocultura, também conhecido como cultura de urina, é um dos principais procedimentos diagnósticos relacionados à análise urinária, e desempenha um papel crucial na detecção de infecções do trato urinário, provocadas por microrganismos como bactérias.

Embora rins e bexiga normalmente sejam ambiente estéreis, a detecção de bactérias na cultura de urina sugere a presença de uma infecção urinária, por isso, esse exame é considerado praticamente indispensável como complemento de outros exames urinários como o EQU (conhecido também como EAS, ou Urina tipo 1), pois além de indicar a presença, também identifica o tipo de bactéria.

Essa identificação torna viável a prescrição de antibióticos adequados, favorecendo um tratamento mais assertivo e reduzindo o risco de infecções urinárias resistentes e recorrentes. Além disso, auxilia em situações em que o primeiro tratamento com antibióticos não foi eficaz, ajudando a identificar outros medicamentos mais adequados.

Também é um exame recomendado em casos de febre de origem desconhecida, para investigar a possibilidade de uma infecção urinária, ou quando uma infecção urinária é recorrente.

Como a urocultura funciona?**

No laboratório, a amostra de urina será “cultivada”, ou seja, é preparada para que os microrganismos presentes se desenvolvam e se multipliquem durante uma cultura de 48h, formando colônias e permitindo sua identificação.

Em adição a esse processo, uma vez que é identificado a presença de bactérias causadoras de infecção, é feito um teste adicional para identificar essa bactéria e avaliar o comportamento e a resistência a antibióticos, chamado de urocultura com antibiograma.

Nesse teste, são distribuídos vários antibióticos na cultura bacteriana, e onde não há crescimento daquele patógeno indica uma sensibilidade a determinado antibiótico, portanto, é recomendado para combater à infecção.

O que pode ser detectado no exame?

Conforme a localização das bactérias no sistema urinário, os diagnósticos mais comuns são:

  • Cistite (infecção muito comum que ocorre quando as bactérias da região perineal ou genital passam para a bexiga e começam a se multiplicar)
  • Pielonefrite (infecção ou inflamação nos rins)
  • Uretrite (infecção ou inflamação da uretra)

Como é feito esse exame?

Geralmente, para a coleta de urina, é preferível ser usada a primeira urina da manhã, mas caso não seja possível, a coleta pode ser feita em qualquer momento do dia, desde que o paciente aguarde pelo menos duas horas da hora da última micção.

É recomendado que a urina seja coletada diretamente no laboratório, antes de ser entregue para a análise, pois assim os riscos de contaminação são menores. Caso esse processo seja feito em casa, é necessário higienizar as mãos e a genitália com água e sabão neutro, sem fazer uso de sabonetes antissépticos, pois prejudicam o exame por conterem ingredientes antibacterianos. Também é indispensável que, nesses casos, a urina seja entregue ao laboratório o quanto antes, em até duas horas após a coleta.

Outro aspecto importante é que o primeiro e o último jato de urina devem ser descartados. Esse tipo de amostra é chamada de “urina de jato médio”, e não é preciso uma grande quantia.

O frasco da coleta deve ser estéril, entregue ao paciente pelo laboratório e só ser aberto no momento da coleta, para evitar que haja contaminação e interferência nos resultados do exame.

No caso de crianças que usam fraldas, a coleta da amostra deve ser orientada pelo pediatra responsável por solicitar o exame, que pode acontecer utilizando um saco coletor estéril ou via sondagem, realizada no hospital com uma equipe de saúde capacitada.

Quando e quem deve fazer urocultura?

Todas as pessoas podem fazer o exame de urocultura, especialmente durante a gravidez, tendo em vista que uma infecção urinária não tratada durante esse período aumenta o risco de aborto.

O exame também não possui nenhuma contraindicação ou fator de risco, e é indicado pelo médico quando o paciente apresentar alguns dos seguintes sintomas:

  • Dor ao urinar
  • Ardência
  • Vermelhidão na região genital
  • Coceira
  • Corrimento vaginal ou peniano
  • Sensação de bexiga pesada
  • Urina com cheiro forte
  • Sangue na urina

A partir do resultado do exame, é possível identificar qual agente infeccioso está causando os sintomas, e então iniciar um tratamento adequado.

Como entender os resultados da urocultura?

O resultado da análise da urina é categorizado da seguinte forma:

  • Negativo ou dentro do normal: indica que não há um crescimento preocupante de colônias bacterianas na urina
  • Positivo: significa que existem mais de 100 mil colônias de bactérias na urina, junto da especificação da bactéria que foi identificada

Quando a análise é positiva, é feito o teste de urocultura com antibiograma para determinar qual é a bactéria responsável por causar os sintomas relatados pelo paciente, além de avaliar o perfil de sensibilidade e resistência da bactéria e recomendar os antifúngicos e antibióticos mais adequados para o tratamento.

Quando a coleta ou o armazenamento da amostra não são executados de maneira apropriada, os resultados podem mudar:

  • Falso positivo: ocorre quando a urina é contaminada por outros microrganismos, sangue ou medicamentos
  • Falso negativo: quando o pH da urina está muito ácido, abaixo de 5,5, ou quando o paciente está fazendo uso de antibióticos ou diuréticos

Além disso, o resultado é considerado incerto se o número de colônias bacterianas estiver abaixo de 100 mil unidades formadoras de colônia por mililitro de urina (ufc/mL), nesses casos é recomendado que o exame seja feito novamente.

Geralmente, em casos de infecção, é possível observar mais de 1.000.000 ufc/mL. Entretanto, é sempre necessário que o médico responsável avalie todos os sintomas que indicam uma infecção urinária, para assim, iniciar o tratamento mais adequado de acordo com cada caso.

Como se preparar para a urocultura?

Para a urocultura o mais indicado é que a coleta da amostra seja realizada no laboratório que irá fazer a análise, já que uma preparação, amostragem e armazenamento inadequados causam falsos resultados. Porém, antes de fazer um teste de urina, existem algumas orientações básicas a serem lembradas:

  • Não ter relações sexuais pelo menos dois dias antes do exame
  • Evitar fazer o exame durante o período menstrual, dado que o contato do sangue com a urina acarreta resultados não confiáveis
  • Antes de coletar a amostra, higienize bem as mãos a região íntima com água e sabão neutro, para mulheres, a limpeza na área dos lábios vaginais é particularmente importante. Já para os homens, aconselha-se a limpar completamente o pênis
  • Alguns dias antes do exame é importante manter uma dieta adequada, evitar o abuso de álcool e ingerir uma quantia de líquidos compatível com a sede, para evitar tanto uma micção excessiva ocasionando em pouco líquido, quanto a diluição da urina
  • Não tomar antibióticos antes de colher a urina, entretanto se o caso for muito agudo, o paciente pode fazer uso antes do resultado do exame ser liberado, que leva cerca de 72h, modificando o tratamento posteriormente se for necessário

Se houver dúvidas sobre como se preparar para o exame, procure o médico responsável pela solicitação.

Assine e agende um exame

Para ter acesso aos descontos em exames, escolha a assinatura ideal para você

Faça parte da Vale Saúde e tenha desconto em procedimentos cirúrgicos!

1

Faça seu cadastro e assine

Assinaturas a partir de R$ 14,90/mês, sem carência e sem mudança de preço por idade

2

Baixe o App Vale Saúde

É só acessar a loja de aplicativos de seu celular.

Botão da Play Store
Botão da Apple Store

3

Agende seu exame

Confira a rede credenciada para escolher a melhor opção de laboratório ou clínica para você. Depois, é só agendar seu exame e nos enviar o pedido médico.

Tudo pelo App!

Tire suas dúvidas sobre a Vale Saúde na nossa central de ajuda

Vale Saúde - Logomarca
Vivo - Logomarca

A Vale Saúde é uma assinatura e não um plano de saúde.

*Valores de referência em SP Capital, podem variar dependendo do prestador e região do país, mas o preço exato será informado na solicitação de orçamento e agendamento. Os serviços de saúde são de inteira responsabilidade dos prestadores, sendo a Vale Saúde apenas meio de pagamento e plataforma que conecta o usuário com a rede credenciada. Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.

Copyright © 2022-2023 Vale Saúde. Todos os direitos reservados. CNPJ: 14.336.330/0001-67 | Av. Engenheiro Luis Carlos Berrini, 1.376 - Cidade Moções 04.571-936 – São Paulo/SP – Brasil