Vale Saúde - Logomarca

Sobre a Vale Saúde

Rede de Atendimento

Blog

Ajuda

Saúde V


Saúde e Bem-estar

Alimentação

Dicas e Curiosidades

Exames

Saúde Mental

Dicas e Curiosidades

O que são mucosas?

18 de

junho

de 2024

assinatura vale saúde

Importante para a imunidade, camada de tecido mole reveste os canais e órgãos do corpo.

Por que as mucosas são importantes?

Área de tratamento da dermatologia, assim como a pele, as mucosas são membranas epiteliais que revestem as cavidades úmidas internas do corpo, que estão abertas para o exterior, como as dos sistemas digestivo, respiratório, urinário e reprodutor. Esta fina camada de tecido que cobre as superfícies e alguns órgãos, para protegê-los e lubrificá-los, também é conhecida como túnica ou membrana mucosa.

Apesar de nem todas as mucosas serem compostas pelos mesmos tipos de células, elas possuem três camadas:

  1. Epitélio: é a camada superficial da mucosa. As células epiteliais secretam um muco espesso, semelhante a um gel, que protege o corpo de agentes irritantes e dá nome à mucosa. Essas células se organizam de maneiras distintas para se adequarem às diferentes partes do corpo. Nessa camada, também há uma alta taxa de renovação celular enquanto são eliminadas as partículas invasivas.
  2. Lâmina própria: ligado ao epitélio, este tecido conjuntivo frouxo é a camada intermediária da mucosa, sendo composta por moléculas estruturais de proteínas, nervos e veias. Ele transporta o suprimento de sangue para o epitélio enquanto mantém as células no lugar e as liga ao músculo liso abaixo, além de hospedar uma variedade de células imunológicas que procuram e destroem patógenos (agentes nocivos).
  3. Muscular da mucosa: esta camada de músculo liso é a mais profunda da mucosa. Sua espessura varia em todo o trato digestivo e é mais ativa no estômago, se esticando e contraindo junto com os diferentes órgãos do sistema digestivo enquanto realizam seu trabalho. Também pode ajudar a mucosa a desempenhar suas funções de limpeza.

Nosso organismo tem 200 vezes mais mucosa do que pele (que é o maior órgão do corpo), tornando-a uma grande barreira protetora, desempenhando um papel bastante relevante para a imunidade. Se a mucosa for danificada ou perdida, agentes infecciosos, como bactérias ou fungos, conseguem penetrar no organismo.

Neste artigo, vamos falar mais sobre as características e funções desta parte substancial do corpo humano. Leia até o final para não ficar com dúvidas sobre a sua importância para a nossa saúde!

Assine o App da Vale Saúde: Plano Individual por R$ 14,90/mês

Onde se encontram as mucosas?

As mucosas são encontradas em todo o corpo, nos aparelhos digestivo, respiratório, urinário e reprodutivos, além dos órgãos sensoriais.

As cavidades corporais com essas membranas são:

  • Narinas
  • Boca
  • Garganta
  • Ouvidos
  • Órgãos genitais
  • Ânus

Órgãos ocos com mucosa incluem:

  • Esôfago
  • Pulmões
  • Estômago
  • Intestinos
  • Bexiga
  • Útero

Assine o App da Vale Saúde: Plano Familiar por R$ 21,90/mês

Qual a função da mucosa?

A mucosa funciona principalmente como parte do sistema imunológico. Ela fornece uma barreira contra partículas estranhas, captura-as em seu muco pegajoso e as elimina.

As células imunológicas e os antibióticos naturais no muco defendem contra patógenos, enquanto a lubrificação defende contra lesões. No estômago e na bexiga, respectivamente, a membrana protege dos efeitos abrasivos do ácido estomacal e da urina do próprio corpo. No útero, a mucosa (chamada endométrio) engrossa para proteger novos óvulos e se desprende para eliminar aqueles não fertilizados.

Em alguns locais, a túnica ainda tem função de absorção, como, por exemplo, auxiliando a quebrar os odores no nariz e os nutrientes no sistema digestivo.

Quais são os tipos de mucosa?

Existem diferentes tipos de mucosa no corpo humano, formadas para desempenhar uma função específica em cada local. Elas ficam no interior da cavidade bucal, narinas, vias aéreas, pulmões, trato respiratório, esôfago, estômago, intestinos, ouvidos, ânus, genitais, bexiga e ao redor dos globos oculares.

  • Oral: tipo de membrana bastante versátil, pois os lábios, a superfície da língua, o interior da boca e a garganta pertencem à mesma categoria, apesar de cada parte ter características distintas. A saliva é o muco produzido na cavidade bucal e ela possui uma função específica. Além de proteger o tecido mole de agentes irritantes, contém substâncias que ajudam a iniciar a fragmentação e a digestão dos alimentos, como enzimas especializadas na quebra de moléculas. O dorso da língua é classificado como uma mucosa especializada, porque é formada pelas papilas e receptores responsáveis pelo paladar.
  • Nasal: é diferente das demais, pois o epitélio possui pequenos pelos, chamados de folículos, que agem como filtros para o ar inalado, capturando agentes irritantes e microrganismos nocivos, como poeira, ácaros e germes, impedindo que cheguem até os pulmões. A membrana também produz uma secreção específica. Em condições normais, o muco é transparente e parece um gel de viscosidade moderada. Porém, quando ocorre uma infecção, como gripes e resfriados, ela fica mais espessa e carregada de células imunológicas, formando o catarro.
  • Internas: revestem muitos órgãos importantes do corpo, incluindo pulmões, estômago e intestinos. A parede do estômago possui rugas, está preparada para suportar a acidez do suco gástrico e possui células que ajudam a absorver os nutrientes. Várias atividades metabólicas dependem da mucosa intestinal, com suas estruturas especiais e flora microbiota.
  • Ocular: também conhecida como conjuntiva, é uma membrana muito fina e transparente. Ela reveste completamente os olhos e auxilia na proteção e lubrificação. A conjuntivite é a infecção da mucosa protetora dos globos oculares.

Quais são as condições relacionadas às mucosas?

Quando as defesas são violadas, vírus, fungos e bactérias são capazes de causar doenças nas mucosas da boca, dos órgãos genitais e, às vezes, do trato gastrointestinal.

As condições infecciosas nesse tipo de membrana incluem:

  • Herpes oral e genital
  • Candidíase oral e infecções fúngicas genitais
  • Líquen plano genital e oral
  • Penfigoide bolhoso oral
  • Pênfigo oral
  • Aftas
  • Mononucleose
  • Infecção orofaríngea por HPV
  • Doença mão-pé-boca
  • Infecção por H. Pylori

As enfermidades inflamatórias como resposta imunológica à lesão de uma mucosa são as seguintes:

 

Às vezes, as doenças autoimunes também produzem uma resposta imunológica inadequada. Eles fazem com que seu corpo ataque células saudáveis, levando à inflamação crônica. Exemplos que afetam a mucosa incluem:

Se a inflamação continuar por muito tempo, causa fibrose (espécie de cicatriz no tecido). A remodelação da mucosa está associada a várias condições progressivas, incluindo:

Às vezes, a mucosa produz crescimentos anormais de tecidos como resultado de inflamação e remodelação tecidual, malignidade ou outros fatores. Crescimentos anormais de tecidos, chamados pólipos, geralmente são benignos, mas às vezes são pré-cancerosos.

Os pólipos na mucosa incluem:

  • Pólipos estomacais
  • Pólipos uterinos
  • Pólipos colorretais
  • Pólipos da vesícula biliar
  • Pólipos nasais
  • Pólipos cervicais

Outras doenças podem ocasionar mau funcionamento da mucosa de alguma forma, como:

  • Endometriose (crescimento da mucosa uterina)
  • Fibrose cística (faz com que a mucosa respiratória engrosse e obstrua as vias aéreas)
  • Síndrome de Sjogren (condição autoimune que ataca as glândulas secretoras de muco, provocando ressecamento)
  • Prolapso retal (quando o revestimento mucoso do reto sai do ânus)

Assine o App da Vale Saúde: Orientação médica por telefone 24h

O que é tampão mucoso?

O tampão mucoso é uma secreção formada no início da gravidez para funcionar como barreira para proteger o colo do útero contra a entrada de bactérias e outros microrganismos que podem prejudicar o desenvolvimento do feto e a continuidade da gestação.

A saída do tampão é um sinal de que o colo do útero começou a amadurecer. Ele deve descer pelo canal vaginal a partir das 37 semanas, quando o trabalho de parto está próximo. Quase sempre com consistência gelatinosa, sua cor varia desde transparente até marrom avermelhado.

Na prática, o tampão significa o início da dilatação do colo do útero e, por isso, indica que o parto está próximo. Em alguns raros casos, ele sai apenas na hora do nascimento do bebê.

Como cuidar das mucosas?

Para manter as mucosas bem cuidadas e aptas a desempenhar seu papel de proteger o organismo como um todo, é importante desenvolver hábitos saudáveis e evitar lesões. Confira as principais recomendações:

Essas medidas contribuem para a manutenção dos tecidos. No entanto, elas não conseguem evitar machucados. Quando ocorre uma lesão na pele ou na mucosa, a prevenção de infecções é essencial.

Assine o App da Vale Saúde: Desconto em medicamentos de até 35%

Encontre a ajuda necessária na Vale Saúde

Assine a Vale Saúde e tenha acesso a mais de 60 especialidades médicas, incluindo dermatologia, que trata da pele, mucosas, cabelos, pelos e unhas.

Além disso, também é possível coletar exames, como os testes de sangue, sem filas e de uma maneira muito mais prática, e agendar exames de imagem solicitados pelos especialistas.

Saiba mais sobre as assinaturas da Vale Saúde e comece a se cuidar!

Mucosa



vale saúde sempre assinatura post

Escrito por Vale Saúde

A Vale Saúde é uma marca Vivo e oferece serviço de assinaturas com descontos e preços acessíveis para você cuidar melhor da sua saúde.

Posts Relacionados

check-up médico

Você sabe o que é um check-up médico?

Quer saber como se cuidar? Faça o seu check-up regularmente e veja os benefícios

doenças crônicas

O que são doenças crônicas? Conheça as 5 principais no Brasil

Os fatores de risco para este tipo de condição são tabagismo, sedentarismo e má alimentação

exame de sangue completo o que pedir

Saiba o que pedir em um exame de sangue completo

O exame de sangue completo é muito importante, pois pode detectar diferentes tipos de problemas de saúde

Receba novidades em seu email

Inscreva-se na nossa newsletter

Ao se inscrever, você concorda com os termos de uso, a e em ser contatado por SMS, e-mail e telefone.

Tire suas dúvidas sobre a Vale Saúde na nossa central de ajuda

Vale Saúde - Logomarca
Vivo - Logomarca

A Vale Saúde é uma assinatura e não um plano de saúde.

*Valores de referência em SP Capital, podem variar dependendo do prestador e região do país, mas o preço exato será informado na solicitação de orçamento e agendamento. Os serviços de saúde são de inteira responsabilidade dos prestadores, sendo a Vale Saúde apenas meio de pagamento e plataforma que conecta o usuário com a rede credenciada. Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.

Copyright © 2022-2023 Vale Saúde. Todos os direitos reservados. CNPJ: 14.336.330/0001-67 | Av. Engenheiro Luis Carlos Berrini, 1.376 - Cidade Monções 04.571-936 – São Paulo/SP – Brasil