Vale Saúde - Logomarca

Gripe

Doença responsável por várias pandemias é mais comum no outono e no inverno e causa febre, tosse e fadiga

Consulta presencial com clínico geral

A PARTIR DE

R$ 60*

Consulta online com clínico geral

A PARTIR DE

R$ 90*

Desconto em medicamentos

ATÉ

35%

O que é a gripe?

A gripe é uma doença viral, transmitida por meio de gotículas que são expelidas pela fala, espirro ou tosse de uma pessoa contaminada. A transmissão também pode ocorrer por meio indireto, pelo contato das mãos em superfícies que apresentam carga viral.

A doença é causada pelo vírus Influenza, que é separado em quatro tipos: A, B, C e D. O vírus Influenza de tipo A é o mais comum em surtos, epidemias e pandemias, como a de H1N1 em 2009, que matou entre 151 mil e 575 mil pessoas, de acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos.

Embora os casos de gripe sejam mais frequentes no outono e no inverno, a transmissão da doença pode ocorrer em qualquer época do ano. Um exemplo disso foi o surto da variante Darwin do tipo A H3N2, que infectou milhares de pessoas e superlotou as unidades de pronto atendimento no Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador em dezembro de 2021.

Quais são os principais sintomas?

• Febre e calafrios

• Coriza e nariz entupido

• Tosse

• Dor de garganta

• Fadiga e dor muscular

• Dor de cabeça

• Sensibilidade nos olhos

Em alguns casos, o paciente também pode apresentar diarreia, vômito e náuseas, de acordo com a gravidade da infecção. Os sintomas duram de 7 a 10 dias.

Como tratar os sintomas?

O tratamento para gripe comum se resume em repouso, uso de medicamentos antitérmicos, analgésicos e descongestionantes e hidratação oral.

Quando o assunto é Influenza, o principal medicamento é o Tamiflu (Oseltamivir), que apresenta uma boa eficácia se receitado nas primeiras 48 horas de sintomas.

O Tamiflu é indicado para pessoas com complicação ou em risco de complicações, e pode ser administrado para Influenzas A e B. Entretanto, o uso desse e de outros medicamentos deve ser feito apenas com prescrição médica.

Como se prevenir da gripe?

O melhor meio de prevenção à gripe é a vacinação. Aqui, no Brasil, o Ministério da Saúde realiza anualmente a campanha vacinal contra Influenza.

Todos os anos, a vacina da gripe é atualizada para englobar proteção contra novas cepas. Em 2022, por exemplo, o imunizante já conta com eficácia para a cepa Darwin da A H3N2, responsável por um surto em alguns estados brasileiros no fim de 2021.

Além disso, outros meios de prevenção são iguais aos da Covid-19. Evitar aglomerações e não sair de casa em períodos de transmissão da doença, assim como usar máscara e higienizar as mãos adequadamente com água e sabão e álcool gel, ajudam a conter a propagação do vírus.

Gripe ou resfriado?

No início do quadro de infecção, é difícil diferenciar a gripe do resfriado. Inclusive, muitas pessoas se confundem mesmo dias após o início dos sintomas, que em ambos os casos incluem tosse, espirros, dor de garganta, coriza e fadiga.

Porém, a primeira diferença está nos vírus causadores das doenças. No caso da gripe é o vírus Influenza, enquanto os resfriados são causados por vírus variados, como os Rinovírus.

A intensidade dos sintomas também é diferente. Geralmente, a gripe vem acompanhada de um início súbito de todos os sintomas juntos, principalmente com a presença de febre. É raro que resfriados causem elevação da temperatura corpórea.

Outro ponto diferencial é o tempo de duração dos sintomas. Resfriados persistem em média por um período de 2 a 4 dias. Já pessoas com gripe permanecem com a doença por uma média de 7 a 10 dias.

Assine e agende uma consulta

Escolha uma assinatura ideal para você e agende sua consulta agora:

Especialistas mais indicados para o tratamento

Clínico Geral