Vale Saúde - Logomarca

Sobre a Vale Saúde

Rede de Atendimento

Blog

Ajuda

Ansiedade

Saiba como diferenciar o sentimento normal do transtorno que interfere na rotina diária

Consulta presencial com psiquiatra

A PARTIR DE

R$ 60*

Icone Consulta Online

Consulta online com psicólogo

A PARTIR DE

R$ 53*

Desconto em medicamentos

ATÉ

35%

O que é ansiedade?

A ansiedade é caracterizada por um medo exacerbado em relação ao futuro, com uma preocupação exagerada que distorce o cenário real, alimentando diversos pensamentos negativos.

A ansiedade, quando saudável, é somente uma expectativa. Quando manifestada como distúrbio, prejudica a qualidade de vida, alterando o sono (insônia) e o apetite (diminuição ou aumento). Com sofrimento manifestado e a impossibilidade de manter ou controlar a rotina, o comportamento ansioso pode ser definido como doença.

Além do Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG), existem outros, como pânico, fobias e ansiedade social. O Estresse Pós-Traumático e o Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC) também são classificados como transtornos de ansiedade.

Saiba mais sobre ansiedade com a psicóloga clínica Daniela de Oliveira

Quais são os principais sintomas psicológicos?

  • Angústia
  • Irritabilidade
  • Maus pressentimentos
  • Insônia
  • Apetite desregulado
  • Inquietação constante
  • Pensamentos catastróficos
  • Falta de controle emocional

E quais sintomas físicos podem estar associados?

  • Taquicardia
  • Sudorese
  • Falta de ar
  • Boca seca
  • Formigamento
  • Náusea
  • Tremores
  • Tontura
  • Urgência para ir ao banheiro

Quais podem ser as causas da doença?

A causa da ansiedade nada mais é que uma reação normal do corpo diante de futuros acontecimentos. É um tipo de adaptação evolutiva que o ser humano encontrou para que sua chance de sobrevivência aumentasse. De modo geral, um pouco de ansiedade é até benéfico para os indivíduos.

Por exemplo, a ansiedade de ir mal no concurso pode levar a pessoa a estudar mais e se preparar melhor para a prova. Pensar no que pode dar errado em uma viagem pode ajudá-la a se planejar melhor para evitar possíveis perda de dinheiro e tempo. Porém, há um limite para essa ansiedade que traz algumas vantagens.

Muitas vezes, inclusive, a linha é tênue entre o transtorno e a ansiedade comum. O sinal de alerta é quando um pequeno fato do cotidiano causa uma ansiedade desproporcional – isso certamente é um transtorno.

A causa do transtorno de ansiedade não é completamente conhecida, mas há evidências científicas de que uma série de razões que podem desencadear um transtorno de ansiedade.

Fatores de risco:

  • Genética (histórico familiar de transtornos de ansiedade)
  • Ambiente (evento estressante no trabalho, rotina agitada)
  • Personalidade ou modelo de pensamento (como a pessoa encara os desafios do dia a dia)
  • Histórico de trauma (evento de alto impacto emocional como abusos)
  • Doenças físicas (hormonais, cardiopatias, diabetes, dores crônicas, depressão e abuso de drogas)
  • Sexo e gênero (mulheres têm duas vezes mais chances de desenvolver transtorno de ansiedade)

Quais são os tipos de ansiedade?

São cinco as classificações principais da ansiedade:

  1. Transtorno de Ansiedade Generalizada: o Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG) é a combinação da preocupação excessiva com estresse contínuo. Ocorre quando a ansiedade passa a interferir na rotina.

  2. Síndrome do Pânico: é um transtorno de ansiedade. Nesse caso, a pessoa acredita que está prestes a morrer e perdendo o controle de tudo. A sensação física pode ser descrita como um ataque do coração, mesmo que não haja evidência de algum perigo.

  3. Fobia social: a fobia ou ansiedade social é um dos tipos mais comuns e acontece sempre quando a pessoa está em público. Outras espécies de fobia (como claustrofobia, agorafobia, medo de certos animais e de buracos) também fazem parte dos transtornos de ansiedade. No entanto, esses são referentes a objetos, situações e pessoas.

  4. Transtorno Obsessivo-Compulsivo: o Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC) é um distúrbio psiquiátrico caracterizado por movimentos repetitivos e comportamentos compulsivos. É o medo de perder o controle ou ser responsável por algo terrível para si ou para os outros.

  5. Transtorno de Estresse Pós-Traumático: o Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT) é causado por um trauma ou acontecimento terrível. A pessoa passa por momentos de confusão e medo, recordando os mesmos sentimentos que sentiu durante o ocorrido.

Como tratar a ansiedade?

Como prevenir o aparecimento dos sintomas?

A ansiedade pode ser prevenida e controlada a partir de medidas de qualidade de vida:

  • Exercícios físicos diários
  • Alimentação balanceada, evitando açúcar e alimentos processados
  • Bastante hidratação, evitando cafeína
  • Boa qualidade do sono
  • Controle da jornada de trabalho
  • Terapia
  • Técnicas de relaxamento/Meditação/Mindfulness
  • Religiosidade
  • Lazer
  • Arte/Música.
Assine e agende uma consulta

Escolha uma assinatura ideal para você e agende sua consulta agora:

Especialistas mais indicados para o tratamento

Psiquiatra

Tire suas dúvidas sobre a Vale Saúde na nossa central de ajuda

Vale Saúde - Logomarca
Vivo - Logomarca

A Vale Saúde é uma assinatura e não um plano de saúde.

*Valores de referência em SP Capital, podem variar dependendo do prestador e região do país, mas o preço exato será informado na solicitação de orçamento e agendamento. Os serviços de saúde são de inteira responsabilidade dos prestadores, sendo a Vale Saúde apenas meio de pagamento e plataforma que conecta o usuário com a rede credenciada. Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.

Copyright © 2022-2023 Vale Saúde. Todos os direitos reservados. CNPJ: 14.336.330/0001-67 | Av. Engenheiro Luis Carlos Berrini, 1.376 - Cidade Monções 04.571-936 – São Paulo/SP – Brasil