Vale Saúde - Logomarca

Sobre a Vale Saúde

Rede de Atendimento

Blog

Ajuda

Exame de Ferritina

Teste de sangue mostra dosagens da proteína responsável por armazenar ferro no organismo

Exames laboratoriais e de imagem

A PARTIR DE

R$ 4,90

Consultas presenciais e por telemedicina

A PARTIR DE

R$ 70

Pronto atendimento online 24h por dia

R$ 49,90

Por consulta

O que é o exame de ferritina?

A ferritina é uma proteína que está presente em nosso organismo (produzida pelo fígado) e tem a função de armazenar o ferro absorvido através da alimentação. Sua principal função é regular a quantidade do mineral no sangue e transportá-lo pelas células do corpo.

A dosagem de ferritina é um importante exame de sangue que ajuda no diagnóstico de enfermidades como anemia ferropriva, hemocromatose (condição genética que provoca acúmulo de ferro), doenças hepáticas, entre outras. Valores baixos da proteína indicam falta de ferro no organismo; já valores altos demonstram excesso de ferro, o que pode levar a danos nos órgãos.

Ela também é responsável por respostas inflamatórias, elevando-se quando um indivíduo tem Covid-19, gripe, resfriado, problemas gastrointestinais, entre outros, e até mesmo câncer.

Em pessoas saudáveis, os valores de referência são de 23 a 336 ng/mL em homens e de 12 a 306 ng/mL em mulheres adultas, podendo variar de acordo com o laboratório. No entanto, é sempre bom lembrar que os níveis de ferritina no exame de sangue devem ser interpretados por um profissional de saúde.

Existem alguns cuidados e orientações específicas para a realização do teste de dosagem da proteína. Continue a leitura e confira os detalhes!

Para que serve o exame de ferritina?

A indicação mais comum deste teste é para avaliar o estoque de ferro do corpo, por isso a requisição médica costuma ser acompanhada de outros dois que complementam a avaliação: determinação de ferro sérico e saturação de transferrina. A dosagem de ferro, ferritina e transferrina são importantes para confirmar o diagnóstico da anemia ferropriva, também conhecida por anemia por deficiência de ferro.

Esses exames são normalmente solicitados juntamente com o hemograma, uma vez que a deficiência de ferro é uma das principais causas de diminuição da concentração de hemoglobina e, consequentemente, da anemia.

Quando é preciso fazer o teste?

O teste de ferritina é solicitado quando se realiza investigação de anemia e quando há sintomas de alguma doença que pode ser causada pelos altos ou baixos níveis do nutriente.

A ferritina aumentada pode indicar excesso de ferro no organismo. Para ter certeza disso, geralmente, também são realizados outros exames. Além dos laboratoriais, há ainda um tipo específico de ressonância magnética do abdômen: FerriScan.

Fique atento aos sintomas de ferritina alta: dores abdominais, nas articulações, fadiga e falta de ar.

Já os sinais da ferritina baixa são:

Cansaço e sonolência

• Fraqueza

• Palidez

• Falta de apetite (pouca fome)

Queda de cabelo

• Unhas fracas

Dores de cabeça

Tonturas

• Dificuldade de concentração (crianças podem apresentar baixo rendimento na escola, por exemplo)

• Alterações no ciclo menstrual

• Disbiose (desequilíbrio da flora intestinal)

• Perda de memória

Se o paciente estiver sofrendo com o conjunto ou algumas dessas manifestações clínicas (citadas acima) associadas, é preciso procurar ajuda médica. O profissional vai analisar o caso e verificar quais são os exames necessários para estabelecer um diagnóstico, incluindo as dosagens de ferritina e ferro.

A escolha do especialista mais adequado para acompanhar pacientes com alteração na ferritina depende da causa do quadro. Mas, em geral, os médicos habilitados a cuidar dessas queixas são hematologistas, hepatologistas, gastroenterologistas, endocrinologistas e clínicos gerais.

Ainda é fundamental que os pacientes com anemia falciforme, desde a primeira infância, sejam acompanhados por hematologistas, para tratar e prevenir maiores complicações da condição. O esquema de vacinação também é essencial, assim como a avaliação dos níveis de ferritina, que costumam elevar-se pela destruição de glóbulos vermelhos, o que é um fator de risco para a saúde desses portadores.

O que é detectado no exame?

O teste de ferritina deve ser feito com os seguintes objetivos:

  • Verificar a quantidade de ferro no organismo, especialmente em caso de suspeita de anemia
  • Acompanhar a resposta ao tratamento, em caso de deficiência de ferro ou hemocromatose, por exemplo
  • Complementar a avaliação dos níveis de inflamação do corpo devido a infecções e doenças como a artrite reumatoide

Como é feito o exame de ferritina?

O exame é feito de forma rápida através de uma coleta de sangue venoso, geralmente do braço, em laboratório (ou por agendamento residencial), que irá identificar a dosagem de ferritina no organismo. O técnico de enfermagem finaliza o procedimento em minutos e libera o paciente na sequência.

O prazo de entrega do resultado deve ser confirmado com o estabelecimento de saúde onde for realizado, pois varia de acordo com o local.

Como é o preparo para o teste?

Em geral, para o exame de ferritina, são solicitadas algumas horas de jejum. Essas e demais informações deverão ser confirmadas com o laboratório responsável pelo teste.

Ficar até quatro horas sem se alimentar seria o único preparo exigido para este exame laboratorial.

Quais as contraindicações e riscos do exame?

Em geral, a coleta de sangue para dosagem de ferritina é simples, rápida, indolor e não tem contraindicações.

No entanto, se o paciente estiver com uma infecção aguda, é recomendado esperar até que ele esteja totalmente recuperado para realizar o teste, pois o quadro é capaz de ocasionar uma elevação temporária nos níveis de ferritina.

É importante que você discuta quaisquer preocupações ou condições que esteja sofrendo com o seu médico de confiança antes de realizar este exame.

Onde fazer o teste de ferritina no sangue?

Com uma assinatura da Vale Saúde, você tem desconto na realização de diversos exames laboratoriais ou de imagem, incluindo testes de sangue. Além disso, ainda conta com acesso a consultas com mais de 60 tipos de especialidades, como hematologistas e clínicos gerais.

Os atendimentos com médicos podem ser feitos de maneira presencial ou por telemedicina. Para realizar os exames, basta procurar o laboratório ou clínica mais próxima de você em nossa rede de atendimento.

Se você ainda não é assinante, conheça as condições da Vale Saúde e comece a cuidar da sua visão agora mesmo!

Assine e agende um exame

Para ter acesso aos descontos em exames, escolha a assinatura ideal para você

Faça parte da Vale Saúde e tenha desconto em procedimentos cirúrgicos!

1

Faça seu cadastro e assine

Assinaturas a partir de R$ 14,90/mês, sem carência e sem mudança de preço por idade

2

Baixe o App Vale Saúde

É só acessar a loja de aplicativos de seu celular.

Botão da Play Store
Botão da Apple Store

3

Agende seu exame

Confira a rede credenciada para escolher a melhor opção de laboratório ou clínica para você. Depois, é só agendar seu exame e nos enviar o pedido médico.

Tudo pelo App!

Tire suas dúvidas sobre a Vale Saúde na nossa central de ajuda

Vale Saúde - Logomarca
Vivo - Logomarca

A Vale Saúde é uma assinatura e não um plano de saúde.

*Valores de referência em SP Capital, podem variar dependendo do prestador e região do país, mas o preço exato será informado na solicitação de orçamento e agendamento. Os serviços de saúde são de inteira responsabilidade dos prestadores, sendo a Vale Saúde apenas meio de pagamento e plataforma que conecta o usuário com a rede credenciada. Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.

Copyright © 2022-2023 Vale Saúde. Todos os direitos reservados. CNPJ: 14.336.330/0001-67 | Av. Engenheiro Luis Carlos Berrini, 1.376 - Cidade Moções 04.571-936 – São Paulo/SP – Brasil