Vale Saúde - Logomarca

Sobre a Vale Saúde

Rede de Atendimento

Blog

Ajuda

Subespecialidade da obstetrícia que acompanha a gestação focando no feto

Medicina Fetal

Subespecialidade da obstetrícia que acompanha a gestação focando no feto

O que é medicina fetal?

A Medicina Fetal é uma subespecialidade da obstetrícia, dedicada a acompanhar gestações de alto risco, com foco especial no desenvolvimento e vitalidade do feto. Os médicos dessa área são obstetras que completaram três anos extras de treinamento em gravidez de alto risco. Eles também são chamados de fetólogos.

O especialista é responsável por diagnosticar e tratar anormalidades que se manifestam ainda durante a gestação, na mãe e no bebê, e que são capazes de levar a complicações graves ou até mesmo a óbito. Cerca de 80% das malformações congênitas são diagnosticas pela Medicina Fetal.

As ocorrências atendidas por essa área são consideradas casos de não-rotina e incluem situações como partos prematuros, sangramentos inesperados, problemas de crescimento do bebê, malformações, cirurgias intrauterinas e a necessidade de atuar com outros especialistas para a manter a saúde da mãe que possui alguma doença crônica.

Quais são as principais condições tratadas?

As principais doenças e condições, diagnosticadas e tratadas pelo especialista em medicina fetal, incluem:

  • Malformações do sistema nervoso, como anencefalia (cérebro subdesenvolvido e crânio incompleto ao nascer)
  • Obstrução das válvulas cardíacas
  • Anomalias torácicas, no trato digestivo e no sistema urogenital
  • Defeitos congênitos da parede abdominal
  • Problemas no sistema musculoesquelético
  • Alterações na placenta e cordão umbilical
  • Crescimento inadequado do feto
  • Síndrome de Down
  • Espinha Bífida ou mielomeningocele (fechamento defeituoso da coluna vertebral)
  • Hérnia diafragmática (causada pelo desenvolvimento incompleto do diafragma)

Descobrir precocemente essas condições aumenta consideravelmente as chances de sobrevivência do bebê, além de permitir o planejamento de intervenções e tratamentos logo após o parto, ou até mesmo durante a gestação, reduzindo os riscos para a gestante e para o bebê.

Quais exames fazem parte da medicina fetal?

De maneira geral, qualquer exame relacionado a gravidez pode fazer parte da medicina fetal, incluindo o Beta-HCG, que confirma a gestação.

Os principais exames dessa área englobam testes de sangue e ultrassonografias, além de perfis sorológicos, bioquímicos e genéticos que auxiliam no diagnóstico de doenças congênitas, como:

  • Ultrassom morfológico: oferece uma imagem tridimensional mais precisa, permitindo analisar a anatomia fetal e observar o desenvolvimento de órgãos internos.
  • Dopplerfluxometria: avalia o fluxo sanguíneo das veias e artérias em qualquer parte do corpo do feto, da placenta da mãe e do cordão umbilical
  • Amniocentese: checa a saúde do líquido amniótico
  • Ecocardiograma fetal: permite detectar problemas anatômicos e no funcionamento do coração do bebê, costuma ser realizado entre a 24ª e 28ª semana
  • Perfil biofísico fetal e cardiotocografia: exames de vitalidade fetal, avaliam o volume do líquido amniótico, os movimentos do feto, a respiração e variações da frequência cardíaca
  • Teste pré-natal não invasivo (NIPT): rastreia anomalias genéticas, como as aneuploidias (alterações cromossômicas caracterizadas pelo aumento ou diminuição de um tipo de cromossomo), por meio de uma amostra de sangue da mãe a partir da décima semana de gestação
  • Estudo genético em caso de abortamento: investiga a causa real de muitas interrupções espontâneas da gravidez, sendo importante para que os pais possam ser aconselhados quanto aos riscos reprodutivos

Cada gestação é única, por isso, nem todos os exames são necessários para um bom acompanhamento da gravidez.

Tudo depende da saúde e do histórico médico da mãe, e o especialista acompanhando o caso irá indicar os melhores procedimentos para auxiliar naquela gestação em específico.

Além dos exames, o especialista em Medicina Fetal tem aptidão para fazer procedimentos cirúrgicos intrauterinos, enquanto o feto ainda está no útero, para tratar malformações.

Esses procedimentos vão de intervenções simples até os mais complexos, corrigindo problemas que colocam a vida em risco.

Quando devo procurar esse especialista?

Ter uma equipe multidisciplinar que inclua um especialista em Medicina Fetal pode ajudar na confiança de que mãe e bebê estão recebendo o melhor tratamento possível durante a gestação. Um dos principais motivos pelo qual esse especialista é solicitado é no caso de gravidez múltipla (gêmeos, trigêmeos etc.), por ser considerada de alto risco.

Existem também outros motivos que fazem com que a consulta com um especialista em Medicina Fetal seja necessária, são eles:

  • Quando a mãe, antes de engravidar, sabe que tem doenças cardíacas, hipertensão, diabetes, doenças autoimunes, convulsões, distúrbios de coagulação ou infecções, como HIV, citomegalovírus ou parvovírus
  • Houve problemas de gravidez no passado, como parto prematuro ou aborto espontâneo
  • Gestantes com idade materna avançada, igual ou superior a 35 anos no momento esperado do parto
  • Portadoras de condições genéticas como fibrose cística e doença falciforme
  • Quando alguma anomalia é descoberta por meio do ultrassom
  • Casais que possuem defeitos congênitos no histórico familiar, como fenda palatina ou lábio leporino, doenças cardíacas, síndromes, entre outros
  • Mulheres grávidas que fazem o uso de medicamentos, álcool, tabaco ou outras drogas prejudiciais ao feto
  • Casais com infertilidade inexplicada ou abortos recorrentes

Cuide da sua gravidez com a Vale Saúde

Com a Vale Saúde, você pode marcar consultas presenciais ou por telemedicina (videochamada pelo aplicativo) com especialistas em Medicina Fetal e outras 60 especialidades médicas a partir de R$ 70,00 *!

Assinantes também têm descontos em exames, cirurgias e medicamentos. Saiba mais sobre as nossas assinaturas e comece a cuidar da sua saúde agora mesmo!

Tire suas dúvidas sobre a Vale Saúde na nossa central de ajuda

Vale Saúde - Logomarca
Vivo - Logomarca

A Vale Saúde é uma assinatura e não um plano de saúde.

*Valores de referência em SP Capital, podem variar dependendo do prestador e região do país, mas o preço exato será informado na solicitação de orçamento e agendamento. Os serviços de saúde são de inteira responsabilidade dos prestadores, sendo a Vale Saúde apenas meio de pagamento e plataforma que conecta o usuário com a rede credenciada. Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.

Copyright © 2022-2023 Vale Saúde. Todos os direitos reservados. CNPJ: 14.336.330/0001-67 | Av. Engenheiro Luis Carlos Berrini, 1.376 - Cidade Moções 04.571-936 – São Paulo/SP – Brasil