Vale Saúde - Logomarca

Saúde V


Saúde e Bem-estar

Alimentação

Dicas e Curiosidades

Exames

Saúde Mental

Top10 Saúde

Saúde e Bem-estar

Ácido fólico: para que serve na gravidez e como tomar?

23 de

janeiro

de 2024

assinatura vale saúde

Vitamina é uma das que mais beneficia o organismo das gestantes.

Entenda o que é ácido fólico

O ácido fólico, também conhecido como vitamina B9, é um nutriente que desempenha um papel importante no agrupamento do DNA e na divisão celular.

É essencial para o crescimento e desenvolvimento saudáveis do feto, e ajuda a prevenir defeitos congênitos do tubo neural (estrutura embrionária que dará origem ao cérebro e à medula espinhal), como lesões nervosas, dificuldades de aprendizagem, paralisia e até mesmo a morte.

O ácido fólico é encontrado naturalmente em muitos alimentos, como verduras de folhas escuras, legumes, frutas cítricas, ovos e fígado. Além disso, diversas comidas são enriquecidas com ele, como pães, cereais e arroz. Se a gestante precisar de mais desse nutriente em sua dieta, o médico obstetra recomendará um suplemento que contenha essa substância, além de ajustar os cardápios para incluir mais pratos que contenham a vitamina B9.

Assine o App da Vale Saúde: Plano Individual por R$ 14,90/mês

Para que serve o ácido fólico?

O ácido fólico desempenha uma série de funções importantes no corpo humano, incluindo:

  • Ajuda na produção e mantém novas células saudáveis, incluindo as células sanguíneas, que transportam oxigênio pelo corpo
  • Auxilia na prevenção de defeitos congênitos do cérebro e da medula espinhal
  • Reduz os níveis de homocisteína, um aminoácido associado ao aumento do risco de doenças cardíacas e derrames cerebrais
  • Previne a anemia megaloblástica, que causa fadiga, fraqueza e dificuldade de concentração

Assine o App da Vale Saúde: Plano Familiar por R$ 21,90/mês

Ácido fólico na gravidez: por que é importante?

O ácido fólico é especialmente importante na gravidez, por desempenhar um papel fundamental na formação do tubo neural do feto, que se desenvolve nos primeiros 28 dias de gestação. A deficiência dessa substância nesse período aumenta o risco de espinha bífida, uma malformação da coluna vertebral, e a anencefalia, que é a ausência parcial ou total do cérebro.

Além disso, é essencial por ajudar a produzir novos glóbulos vermelhos e prevenir a anemia megaloblástica, que causa fadiga, fraqueza e dificuldade de concentração.

Por esses motivos, é recomendado que as mulheres grávidas ou que estejam tentando engravidar consumam regularmente uma quantidade suficiente de ácido fólico, seja por meio da alimentação ou de suplementação.

A porção recomendada varia conforme a idade e a condição de saúde da mulher, mas geralmente se mantém em torno de 400 a 800 microgramas por dia. É importante lembrar que a suplementação de ácido fólico deve ser feita sob orientação do médico, para evitar o risco de hipervitaminose (intoxicação causada pelo excesso de vitaminas).

Quem deve tomar ácido fólico?

Há grupos específicos que precisam de suplementação ou uma quantidade maior dessa vitamina na dieta. São eles:

  • Mulheres em idade reprodutiva ou que estejam tentando engravidar: como mencionado anteriormente, o ácido fólico é importante para a prevenção de defeitos do tubo neural em bebês, por isso as mulheres que estão tentando engravidar ou que pensam em ser mães devem consumir essa vitamina, seja por meio de alimentos fortificados ou suplementação
  • Grávidas ou que estejam amamentando: durante a gravidez e a amamentação, a necessidade de ácido fólico aumenta consideravelmente, pois essa vitamina é importante para o crescimento do feto e da criança já nascida. A suplementação é indicada para evitar defeitos do tubo neural em bebês e para a formação adequada do sistema nervoso
  • Indivíduos com anemia megaloblástica: é uma condição na qual os glóbulos vermelhos produzidos pelo organismo são grandes e imaturos, não conseguindo transportar oxigênio para os tecidos e órgãos adequadamente. O ácido fólico ajuda na produção de glóbulos vermelhos saudáveis
  • Pessoas com problemas de absorção nutricional: algumas condições que afetam a absorção de nutrientes pelo organismo, como doença celíaca, doença de Crohn e outras doenças inflamatórias intestinais, levam à deficiência de ácido fólico. Nessas situações, a suplementação pode ser necessária para repor os níveis sanguíneos adequados
  • Pacientes em uso de determinados medicamentos: alguns medicamentos, como metotrexato e sulfasalazina, interferem na absorção ou na utilização do ácido fólico pelo corpo, levando a deficiência dessa vitamina. Nestes casos, a suplementação de ácido fólico ajuda a minimizar esses efeitos colaterais

Assine o App da Vale Saúde: Desconto em medicamentos de até 35%

Quais os benefícios do ácido fólico?

O ácido fólico é uma vitamina importante para diversas funções do organismo e traz vários benefícios para a saúde, sendo que os principais são:

  • Previne defeitos do tubo neural: o ácido fólico é crucial para a prevenção de defeitos do tubo neural em bebês em desenvolvimento, como a espinha bífida e a anencefalia
  • Melhora a saúde cardiovascular: a substância ajuda a reduzir os níveis de homocisteína, um aminoácido associado a um risco maior de doenças cardíacas, como infarto e AVC
  • Previne a anemia megaloblástica: o ácido fólico é importante para a produção de glóbulos vermelhos saudáveis, prevenindo a anemia megaloblástica
  • Ajuda no processo de divisão celular: o ácido fólico é essencial para a síntese de DNA e para a divisão celular, contribuindo para um crescimento e desenvolvimento saudáveis
  • Auxilia no tratamento de outras doenças: ajuda no tratamento de outras condições de saúde, como depressão e Alzheimer

Assine o App da Vale Saúde: Orientação médica por telefone 24h

Quais as contraindicações do ácido fólico?

Em algumas situações, a suplementação de ácido fólico não é indicada, como nos seguintes exemplos:

  • Sensibilidade ou alergia: algumas pessoas possuem alergia ao ácido fólico e apresentar reações adversas, como urticária, coceira, inchaço, dificuldade para respirar e tontura. Nestes casos, é necessário evitar o uso da substância
  • Tratamento com medicamentos quimioterápicos
  • Problemas renais: indivíduos com disfunção renal podem ter dificuldade em excretar o excesso de ácido fólico do organismo. Então, quem possui cálculo renal, insuficiência renal, etc., a suplementação excessiva desse nutriente aumenta o risco de complicações
  • Condições que aumentam os níveis de ácido fólico no organismo: algumas condições de saúde, como câncer ou anemia perniciosa (tipo de anemia rara, provocado por uma deficiência da vitamina B12 no organismo), aumentam os níveis de ácido fólico no corpo, tornando a suplementação desnecessária

Cuide da sua gestação com a Vale Saúde!

Precisa fazer exames para colocar o ácido fólico em dia? O indicado é procurar um bom atendimento médico o quanto antes.

Aqui na Vale Saúde, você tem acesso a mais de 60 especialidades médicas, incluindo obstetras capacitados para fazer o melhor acompanhamento de sua gestação.

Venha agora mesmo conhecer nossas assinaturas e cuide da sua saúde de um jeito simples, fácil e que cabe em seu bolso.

Gravidez

Ácido Fólico



vale saúde sempre assinatura post

Escrito por Vale Saúde

A Vale Saúde é uma marca Vivo e oferece serviço de assinaturas com descontos e preços acessíveis para você cuidar melhor da sua saúde.

Posts Relacionados

Teste de gravidez de farmácia: devo confiar no resultado

Será que teste de gravidez de farmácia é confiável?

Uma pergunta muito frequente é se o teste de gravidez de farmácia é realmente confiável.

Tabela gestacional: como calcular o tempo de gravidez corretamente?

Tabela gestacional: como calcular o tempo de gravidez

É possível saber o tempo de gravidez através de uma tabela de acompanhamento gestacional

depressão pós parto

Depressão pós-parto: fique atenta no Dia das Mães

Condição causa tristeza e falta de esperança logo após o parto, prejudicando a saúde da mãe e do bebê

Receba novidades em seu email

Inscreva-se na nossa newsletter

Ao se inscrever, você concorda com os termos de uso, a política de privacidade e em ser contatado por SMS, e-mail e telefone.