Vale Saúde - Logomarca

Sobre a Vale Saúde

Rede de Atendimento

Blog

Ajuda

EQU

Exame de urina auxilia no diagnóstico de infecções urinárias e insuficiência renal

Exames laboratoriais e de imagem

A PARTIR DE

R$ 4,90

Consultas presenciais e por telemedicina

A PARTIR DE

R$ 70

Pronto atendimento online com Clínico geral e Pediatra

24H POR DIA

R$ 49,90/consulta

O que é EQU?

O Exame Qualitativo de Urina, também chamado de Urina tipo 1 ou Exame EAS (Elementos Anormais do Sedimento), é o exame de urina mais simples de ser executado e excelente como exame de triagem. Serve para avaliar aspectos físicos, químicos e se há presença de elementos que não são considerados normais na urina, como bactérias, muco, hemoglobina, células epiteliais etc.

Com o EQU, é possível avaliar o funcionamento dos rins e sua capacidade de filtração. Além disso, consegue identificar a presença de infecções no trato urinário, como cistites, e até mesmo doenças que ainda não se manifestaram clinicamente. Isso é viável pois a análise de vários elementos consegue direcionar a investigação para que ocorra o diagnóstico de patologias, como diabetes.

Para que serve o EQU?

O exame qualitativo da urina é indicado para:

  • Avaliar a saúde de forma geral do paciente
  • Identificar doenças do trato urinário
  • Diagnosticar problemas nos rins, como insuficiência renal
  • Fazer o acompanhamento do tratamento de doenças

Esse exame também pode ser solicitado junto de outros exames laboratoriais de rotina, como dosagem de ureia e creatinina no sangue, hemograma e proteína C reativa.

Como o EQU funciona?

Muitos distúrbios são capazes de afetar a composição da urina, principalmente aumentando a quantidade de substâncias como proteínas ou glicose, e células, como leucócitos e hemácias. Essa concentração aumentada de componentes que não são comuns na urina é considerada anormal e pode ocorrer porque:

  • Os rins estão eliminando o excesso existente no sangue
  • A função renal está comprometida por conta de uma doença
  • Há uma infecção urinária, no caso de bactérias e leucócitos em excesso na urina

Para identificar essas alterações, o exame analisa a amostra de urina de três formas:

  • Análise visual: avalia a cor e transparência da urina
  • Análise química: avalia a densidade, o pH, as proteínas e se há glicose presente na urina
  • Análise microscópica: identifica e determina a quantidade e o tipo de células, bactérias, cristais e outros componentes capazes de ocorrer na urina

Como interpretar os resultados do EQU?

Uma amostra de urina oferece muitas informações sobre a saúde renal e urinária do paciente. Através da análise dos resultados, o médico consegue identificar anormalidades no pH e na densidade, além da presença de elementos que podem indicar alguma doença.

Os valores de referência esperados são:

  • A urina é naturalmente ácida, por isso seu pH deve ficar entre 5,5 e 7,0. Acima de 7,0 indica uma possível presença de bactérias, cálculos renais ou insuficiência renal. Se estiver abaixo de 5,5, a acidez está elevada, o que significa que os rins podem não estar dando conta de filtrar e expelir o ácido do organismo.
  • A densidade é considerada normal quando fica entre 1,005 e 1,030. Se a urina estiver muito diluída, é sinal de disfunções renais crônicas, e uma amostra muito densa geralmente ocorre em casos de má hidratação.

O exame também avalia a concentração de certas substâncias como:

  • Glicose
  • Sangue
  • Proteínas
  • Leucócitos
  • Bilirrubina (pigmento amarelado produzido quando os glóbulos vermelhos se desmancham)
  • Células epiteliais

É importante ressaltar que a presença de glicose na urina não é normal. A glicose deve ser absorvida antes da formação final da urina, e sua existência aponta uma quantia elevada no organismo, que o rim não teve capacidade de absorver, levando a um quadro de diabetes.

Como é feito esse exame?

Para realizar a coleta da amostra, é indicado lavar bem as mãos e a região genital, e secar com gaze ou toalha limpa, para evitar contaminações. Esse processo pode ser feito em casa, desde que a amostra seja levada ao laboratório dentro de duas horas (se mantida em temperatura ambiente) ou 24 horas sob refrigeração.

O ideal é que sejam coletados entre 10 e 40ml, dando preferência para a primeira urina da manhã e dispensando o primeiro jato, pois essa pequena quantia serve para eliminar as impurezas que possam estar na uretra (canal que traz a urina da bexiga).

Caso não seja possível utilizar a primeira urina, a coleta pode acontecer em qualquer horário do dia, desde que o paciente fique duas horas sem urinar para conseguir acumular um volume adequado para a análise.

Não é recomendando realizar o exame durante o período menstrual, para evitar possíveis alterações nos resultados. Entretanto, se houver uma necessidade real da realização, indica-se utilizar coletor menstrual ou absorvente interno para que o sangue não entre em contato com a urina e contamine a amostra.

Quando e quem deve fazer EQU?

Geralmente, o EQU é considerado um exame de rotina, mas o especialista pode solicitar sempre que precisar de uma confirmação laboratorial para um diagnóstico, como em casos de suspeita de doenças no sistema urinário, infecções, problemas renais ou até tumores.

Ao notar algum dos seguintes sintomas, é importante buscar ajuda médica:

  • Dor na região dos rins
  • Micção frequente ou dolorosa
  • Ardência ao urinar
  • Presença de sangue na urina
  • Desconforto pélvico

Todas as pessoas podem fazer esse exame, no entanto, para que não ocorram interferências na análise, é necessário informar ao médico se está fazendo uso de medicamentos, se tem problemas de saúde ou está grávida.

Como se preparar para o EQU?

Antes do exame, o médico geralmente indicará como deverá ser a preparação. Essas recomendações estarão no pedido médico do exame e podem incluir:

  • Suspensão do uso de suplementos de vitamina D
  • Não ingerir laxantes
  • Não ter relações sexuais pelo menos dois dias antes do exame
  • Durante o uso de antibióticos, deve se esperar sete dias após o fim do tratamento para realizar a coleta

Se houver dúvidas sobre como se preparar para o exame, procure o médico responsável pela solicitação.

Assine e agende um exame

Para ter acesso aos descontos em exames, escolha a assinatura ideal para você

Faça parte da Vale Saúde e tenha desconto em procedimentos cirúrgicos!

1

Faça seu cadastro e assine

Assinaturas a partir de R$ 14,90/mês, sem carência e sem mudança de preço por idade

2

Baixe o App Vale Saúde

É só acessar a loja de aplicativos de seu celular.

Botão da Play Store
Botão da Apple Store

3

Agende seu exame

Confira a rede credenciada para escolher a melhor opção de laboratório ou clínica para você. Depois, é só agendar seu exame e nos enviar o pedido médico.

Tudo pelo App!

Tire suas dúvidas sobre a Vale Saúde na nossa central de ajuda

Vale Saúde - Logomarca
Vivo - Logomarca

A Vale Saúde é uma assinatura e não um plano de saúde.

*Valores de referência em SP Capital, podem variar dependendo do prestador e região do país, mas o preço exato será informado na solicitação de orçamento e agendamento. Os serviços de saúde são de inteira responsabilidade dos prestadores, sendo a Vale Saúde apenas meio de pagamento e plataforma que conecta o usuário com a rede credenciada. Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.

Copyright © 2022-2023 Vale Saúde. Todos os direitos reservados. CNPJ: 14.336.330/0001-67 | Av. Engenheiro Luis Carlos Berrini, 1.376 - Cidade Moções 04.571-936 – São Paulo/SP – Brasil