Vale Saúde - Logomarca

Periodontite

Inflamação na gengiva capaz de causar a perda dos dentes se não for tratada

Consulta presencial odontológica

A PARTIR DE

R$ 32*

Consulta online com clínico geral

A PARTIR DE

R$ 90*

Desconto em medicamentos

ATÉ

35%

O que é periodontite?

A periodontite é uma inflamação e infecção na gengiva, que nasce de outro problema bucal, a gengivite. Essa condição é silenciosa e costuma apresentar dor e incômodo quando está em fase avançada, dificultando o diagnóstico. Dessa forma, uma pessoa consegue passar anos com a gengiva inflamada e, com o tempo, o acúmulo de placa ou tártaro entre os dentes e a gengiva, junto da proliferação de bactérias, resulta em danos no tecido que fica entre os dentes e a mandíbula.

Essa condição afeta pessoas de qualquer idade, inclusive crianças pequenas. Também é possível que um indivíduo sofra com gengivite grave por anos e não desenvolva periodontite, assim como a maioria das pessoas pode sofrer com uma inflamação na gengiva em algum momento da vida, principalmente grávidas, que ficam mais suscetíveis a isso devido às alterações hormonais. Entretanto, nem todas terão periodontite, que é uma doença mais grave e, em muitos casos, necessita de uma raspagem profunda da gengiva e cirurgia dentária.

Em outros casos, a periodontite é capaz de surgir sem que haja quadros significativos de gengivite anteriormente, principalmente entre jovens de 20 e 30 anos. Estima-se que, no Brasil, a doença atinja cerca de 9 a cada 10 pacientes adultos.

A periodontite é uma das principais causas de perdas de dentes em adultos e idosos. A infecção causa erosão e destrói o osso que sustenta os dentes, levando ao enfraquecimento dos tecidos e até mesmo a necessidade de extração dos dentes afetados. É importante estar atento e consultar um dentista sempre que surgirem sintomas de periodontite, para que o diagnóstico seja feito o mais breve possível e o tratamento iniciado, por meio de remoção da placa bacteriana, uso de antibióticos ou cirurgia.

O que causa periodontite?

A principal causa da periodontite é a formação de placas bacterianas e tártaro entre os dentes e a gengiva. O acúmulo das placas causa inflamação na gengiva e bolsas (espaços entre a gengiva e o dente) contendo bactérias que, por sua vez, provocam infecções profundas e levam à perda do tecido ósseo.

Alguns fatores aumentam o risco de desenvolvimento da periodontite, são eles:

Quais são os sintomas de periodontite?

A periodontite é capaz de afetar apenas um dente ou todos ao mesmo tempo, e a mudança na aparência da arcada dentária é o que mais chama a atenção do paciente e das pessoas próximas a ele.

Os principais sintomas de periodontite são:

  • Gengivas muito vermelhas e inchadas
  • Mau hálito
  • Dentes tortos e amolecidos
  • Sangramentos na gengiva após escovar os dentes ou usar fio dental
  • Aumento do espaço entre os dentes
  • Mais sensibilidade dentária
  • Perda de dentes

Como é feito o diagnóstico de periodontite?

Para diagnosticar a periodontite, é preciso buscar ajuda de um dentista, que pode, ou não, ter especialidade em periodontia. Durante a consulta, o profissional irá observar as condições que se encontram a gengiva e os dentes do paciente, como a presença de sangramento na gengiva, questionar sobre o histórico de higiene bucal do paciente, analisar a formação de placa bacteriana e se há infecção na estrutura dentária e no tecido gengival.

Para medir a profundidade do espaço entre a gengiva e os dentes, o especialista utiliza uma sonda fina, chamada sonda periodontal. Com ela, é possível verificar com precisão milimétrica o quanto a periodontite já danificou no tecido que mantém os dentes no lugar. Além da sonda, para ter um diagnóstico ainda mais completo, o dentista recomenda a realização de uma radiografia.

Assim, o profissional será capaz de classificar o grau da inflamação, compreender qual é o nível de comprometimento dos tecidos e a gravidade do caso. Então, o dentista irá proporcionar ao paciente o tratamento mais adequado, evitando uma complicação do quadro.

Qual é o tratamento?

O tratamento para periodontite se inicia com uma raspagem no consultório do dentista, sob anestesia, para remover a placa bacteriana e o tártaro. É possível que o especialista receite o uso de antibióticos, anti-inflamatórios e bochechos regulares com enxaguantes bucais antissépticos. Dependendo da complexidade do caso, é necessário fazer uma cirurgia para limpar as áreas da gengiva e do osso que foram mais prejudicadas.

Caso a periodontite não seja tratada da maneira adequada, é possível que a doença avance e leve a perda dentária, trazendo danos para a mastigação e a fala. Além de que, as bactérias presentes na infecção podem cair na corrente sanguínea, aumentando a probabilidade de o paciente desenvolver complicações.

É importante lembrar que pessoas que possuem fatores de risco para a doença, como má higiene bucal, diabetes, obesidade e tabagismo, devem fazer o tratamento dessas condições também, assim, o sucesso do tratamento da periodontite aumenta.

Manter consultas periódicas com o dentista para manutenção da saúde bucal é muito importante para impedir o desenvolvimento dessa inflamação e o controle da doença, diminuindo as chances de perda óssea e queda dos dentes. Além disso, deve-se cuidar da higiene bucal, escovando os dentes diariamente, passando o fio dental e usando enxaguante bucal.

Assine e agende uma consulta

Escolha uma assinatura ideal para você e agende sua consulta agora:

Especialistas mais indicados para o tratamento

Dentista