Vale Saúde - Logomarca

Sobre a Vale Saúde

Rede de Atendimento

Blog

Ajuda

Teste de Contato

Exame avalia como certas substâncias alérgicas agem em contato com a pele

Exames laboratoriais e de imagem

A PARTIR DE

R$ 4,90

Consultas presenciais e por telemedicina

A PARTIR DE

R$ 70

Pronto atendimento online com Clínico Geral e Pediatra

24H POR DIA

R$ 49,90/consulta

O que é e para que serve o teste de contato?

O teste de contato, também conhecido como patch test, é um exame simples e não invasivo realizado por dermatologistas e alergistas, fundamental para determinar o diagnóstico e tratamento de dermatites de contato.

Geralmente, é indicado para identificar a causa de sintomas de alergia, como coceira, vermelhidão, descamação na pele, entre outros. Nele, são testadas diversas substâncias, aplicadas na pele do paciente, incluindo metais, produtos químicos, medicamentos e cosméticos.

É importante destacar que o teste de contato difere do teste cutâneo de alergia, realizado para detectar condições respiratórias como a rinite e a asma. Enquanto o teste de contato é feito na pele do paciente, o cutâneo se dá por meio da aplicação de uma solução com agentes alergênicos no antebraço ou nas costas, e a reação é observada no paciente dentre 15 a 20 minutos.

No teste de contato, são colocados adesivos sobre as costas do paciente com os alérgenos para saber quais deles há irritabilidade, indicando a rejeição corporal. Com essa identificação, o paciente consegue evitar o contato com as substâncias e reduzir os sintomas de alergia, além de tratar de maneira adequada com pomadas ou medicamentos anti-histamínicos.

O que o teste mostra e quais doenças pode detectar?

Esse exame investiga reações alérgicas tardias, por meio de uma bateria de testes composta por 35 substâncias diferentes, sendo possível complementar com outros materiais específicos de acordo com a necessidade do paciente.

Além de identificar os alérgenos para dermatites, o teste de contato também é muito útil com alergias alimentares que desencadeiam reações tardias como as gastrointestinais e a esofagite eosinofílica (inflamação predominante no esôfago).

Dentre as diversas substâncias capazes de serem testadas, dependendo das suspeitas de alergia, as mais comuns incluem o níquel (presente em bijuterias e objetos de metal) e conservantes, como o formaldeído encontrado em cosméticos. Também são testados fragrâncias, corantes, borracha, látex, medicamentos e alimentos.

Quando e quem deve fazer o teste de contato?

De maneira geral, o teste de contato é indicado para pessoas que apresentam reações inflamatórias na pele ao entrar em contato com alguma substância que seu sistema imunológico considera uma ameaça. Além disso, indivíduos que trabalham em contato constante com produtos irritantes ou que possuem risco de causar alergia, como cabeleireiros e pintores, também devem realizar o exame para prevenir e tratar possíveis dermatites de contato ocupacionais.

Ao identificar quais são os seus alérgenos, é possível tomar medidas para evitar reações futuras e manter a pele mais saudável. Podendo incluir, mudanças na dieta, usar produtos específicos ou evitar certos ambientes e substâncias.

Crianças também podem realizar esse exame, porém, é importante ressaltar que as dosagens e as substâncias testadas sejam adaptadas para a idade e o peso do paciente, por isso, o dermatologista ou alergista precisa ser capacitado para lidar com esse público.

Por outro lado, quem não deve realizar o teste de contato são pacientes que já apresentam um histórico de reações alérgicas graves, como anafilaxia, pois o exame é capaz de desencadear esse quadro. Também estão inclusas nesse grupo, pessoas com lesões na pele ou inflamações, e gestantes.

Como é feito esse exame?

O procedimento consiste em observar a reação da pele no período de 24 e 48 horas após a aplicação de pequenas quantidades de agentes alérgenos nas costas do paciente. O teste é realizado em três etapas:

  • Teste epicutâneo: é a primeira etapa do exame, em que se aplicam no paciente placas contendo os agentes alérgenos por 48 horas
  • Leitura: na segunda etapa, o especialista irá observar quais as reações que surgiram na pele diante de cada substância testada
  • Teste de provocação: nesta última etapa, para confirmar o diagnóstico, o médico irá refazer a aplicação do agente que causou alergia em uma parte restrita da pele do paciente

Após analisar os resultados, o médico irá confirmar a quais substâncias o paciente é sensível, e assim, conseguirá indicar qual o melhor tipo de tratamento a ser seguido.

Quais são os preparos para o exame?

Antes de realizar o exame, o especialista que o prescreveu irá orientar sobre a preparação adequada. Geralmente, é indicado que o paciente evite tomar medicamentos anti-histamínicos por pelo menos três dias, para que não interfiram nos resultados do teste.

Além disso, outras orientações incluem:

  • Não tomar banho com água muito quente
  • Evitar usar hidratantes e produtos perfumados na região de aplicação do teste
  • Não realizar o exame se tiver lesões na pele
  • Não ter se submetido a exposição solar 15 dias antes
  • Evitar realizar o teste durante a gravidez

Quais são os cuidados após o exame?

Para garantir que a pele se recupere da maneira adequada e minimizar o risco de complicações, é importante seguir algumas orientações após o exame:

  • Evitar molhar a área testada por pelo menos 48 horas
  • Não utilizar loções, cremes ou outros produtos que possam irritar a pele ou interferir no resultado do teste
  • Não praticar atividades físicas intensas ou suar excessivamente por 48 horas após o teste
  • Cuidar para não arranhar ou esfregar a área de teste, mesmo que ela esteja coçando ou irritada
  • Usar compressas frias para aliviar a coceira

Caso ocorra alguma reação adversa na pele, como vermelhidão, inchaço, dor ou qualquer sensação anormal, é importante informar ao médico imediatamente.

Onde fazer o teste de contato?

Com uma assinatura da Vale Saúde, você tem desconto na realização de diversos exames, além de acesso a mais de 60 tipos de especialidades médicas.

As consultas podem ser feitas de maneira presencial ou por telemedicina. Para realizar os exames, basta procurar o laboratório ou consultório mais próximo de você em nossa rede de atendimento.

Conheça as condições da Vale Saúde e comece a cuidar da sua saúde agora mesmo!

Assine e agende um exame

Para ter acesso aos descontos em exames, escolha a assinatura ideal para você

Faça parte da Vale Saúde e tenha desconto em procedimentos cirúrgicos!

1

Faça seu cadastro e assine

Assinaturas a partir de R$ 14,90/mês, sem carência e sem mudança de preço por idade

2

Baixe o App Vale Saúde

É só acessar a loja de aplicativos de seu celular.

Botão da Play Store
Botão da Apple Store

3

Agende seu exame

Confira a rede credenciada para escolher a melhor opção de laboratório ou clínica para você. Depois, é só agendar seu exame e nos enviar o pedido médico.

Tudo pelo App!

Tire suas dúvidas sobre a Vale Saúde na nossa central de ajuda

Vale Saúde - Logomarca
Vivo - Logomarca

A Vale Saúde é uma assinatura e não um plano de saúde.

*Valores de referência em SP Capital, podem variar dependendo do prestador e região do país, mas o preço exato será informado na solicitação de orçamento e agendamento. Os serviços de saúde são de inteira responsabilidade dos prestadores, sendo a Vale Saúde apenas meio de pagamento e plataforma que conecta o usuário com a rede credenciada. Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.

Copyright © 2022-2023 Vale Saúde. Todos os direitos reservados. CNPJ: 14.336.330/0001-67 | Av. Engenheiro Luis Carlos Berrini, 1.376 - Cidade Monções 04.571-936 – São Paulo/SP – Brasil