Vale Saúde - Logomarca

Sobre a Vale Saúde

Rede de Atendimento

Blog

Ajuda

ASLO

Exame identifica a presença de toxina liberada por bactéria na corrente sanguínea e aponta quadros como faringite estreptocócica

Exames laboratoriais e de imagem

A PARTIR DE

R$ 4,90

Consultas presenciais e por telemedicina

A PARTIR DE

R$ 70

Pronto atendimento online com Clínico Geral e Pediatra

24H POR DIA

R$ 49,90/consulta

O que é ASLO?

O ASLO (exame da antiestreptolisina O), também chamado de ASO ou AEO, é um teste utilizado para verificar presença da estreptolisina O, uma toxina liberada por bactérias do gênero Streptococcus tipo A, sendo que a principal é a Streptococcus pyogenes. O antiestreptolisina O é um anticorpo produzido pelo organismo humano quando há infecção por esses microrganismos.

O resultado positivo para essa toxina está relacionado a doenças que variam de gravidade, incluindo amigdalite e faringite, e complicações dessas enfermidades quando não são tratadas ou o tratamento é incorreto, o que inclui febre reumática e glomerulonefrite (inflamação de uma região dos rins).

A Streptococcus pyogenes é a bactéria mais contagiosa do gênero e costuma ser a responsável por grande parte dos casos de faringite. Se não for identificada e tratada corretamente, pode alavancar para quadros críticos que precisam de cuidados médicos o quanto antes.

O exame ASLO é capaz de apontar a existência da bactéria entre 1 e 3 semanas após a infecção. Assim, é importante para situações em que há dores de garganta repetidamente e que os tratamentos regulares não conseguem curar totalmente.

No geral, o valor de referência é de 200 Ul/ml, e números superiores a esse apontam para uma infecção aguda em andamento. Além disso, quanto maior for a porcentagem, mais recente é a contaminação.

Para realizar o ASLO, basta uma coleta simples de sangue. O procedimento não é invasivo, tende a ser indolor e é feito em apenas alguns minutos, sem necessitar de observação ou internação após o término.

Para que serve o exame?

O sistema imune geralmente demora entre 1 e 3 semanas para desenvolver anticorpos específicos (antiestreptolisina O) para combater uma infecção por Streptococcus.

Dessa forma, o exame ASLO é recomendado para pessoas que apresentam sintomas recorrentes de amigdalite e especialmente de faringite, incluindo:

O teste ainda é indicado quando há evidências de antiestreptolisina O elevada no sangue, mesmo se o paciente não tiver qualquer sintoma de infecção na garganta, pois pode ser um sinal de que a bactéria se espalhou pela corrente sanguínea, causando complicações como escarlatina, febre reumática e glomerulonefrite.

Quais doenças conseguem ser identificadas pelo ASLO?

O ASLO é utilizado para identificar a presença de bactérias do gênero Streptococcus tipo A no organismo. No geral, esses microrganismos estão relacionados a infecções como:

  • Amigdalite
  • Faringite
  • Escarlatina (infecção de pele que surge como complicação da faringite estreptocócica)
  • Febre reumática (condição inflamatória que afeta coração, articulações, pele e sistema nervoso. É uma complicação de quadros de infecções por Streptococcus pyogenes não tratadas ou maltratadas)
  • Sepse (infecção generalizada)
  • Erisipela (processo infeccioso que atinge a gordura do tecido celular, causando sintomas na pele como inchaço, bolhas e necrose)
  • Glomerulonefrite

É importante dizer que, por si só, o ASLO apenas aponta a ação de Streptococcus tipo A no organismo. Para confirmar diagnósticos, principalmente quadros de complicação, o especialista deve considerar outros testes, exame físico e o histórico do paciente.

Quando e quem deve fazer o exame?

O ASLO costuma ser solicitado por infectologistas, clínicos gerais, pediatras (no caso de crianças), otorrinolaringologistas, nefrologistas e reumatologistas quando:

  • Há suspeita de dor de garganta causada por bactérias do gênero estreptococo tipo A
  • É necessário investigar complicações após infecção estreptocócica, como febre reumática e glomerulonefrite
  • O médico precisa monitorar o tratamento de infecções geradas por esse tipo bactéria

Qualquer pessoa pode ser infectada por estreptococo, independentemente do sexo e da faixa etária. Por isso, ao apresentar sintomas suspeitos, é aconselhado buscar atendimento médico o quanto antes para identificar a doença e tratá-la de maneira adequada.

Como é feito e qual é o tempo de duração do ASLO?

O ASLO é um exame sanguíneo, portanto é feito por meio de uma simples coleta de sangue, geralmente de uma veia do braço. O procedimento dura entre 5 e 10 minutos no máximo.

Alguns pacientes podem sentir desconforto, aflição ou dor durante a inserção da agulha na pele, mas a sensação dura apenas alguns segundos. Na maioria das vezes, a coleta é realiza por um técnico da área de saúde ou enfermeiro, responsável por:

  • Higienizar a área em que o sangue vai ser coletado com álcool (geralmente na dobra do braço, na região oposta do cotovelo)
  • Colocar um garrote (dispositivo usado para barrar a circulação sanguínea) acima da área que será perfurada para ter melhor visualização das veias
  • Introduzir a agulha na veia e coletar o sangue diretamente em um tubo

Depois, a amostra é encaminhada para análise no laboratório.

Como se preparar e quais são os cuidados após o exame?

Não há nenhum preparo específico para realizar o ASLO. Por se tratar de um exame de sangue, semelhante ao hemograma, o jejum não é necessariamente obrigatório e fica a critério do médico indicar a melhor dieta para o paciente manter antes do procedimento.

Medicamentos como corticoides e antibióticos são capazes de diminuir os níveis de antiestreptolisina O (anticorpos) na corrente sanguínea. Por isso, é essencial comunicar ao especialista o uso de qualquer tipo de remédio.

O ASLO muitas vezes é feito em conjunto de mais um exame, o anti DNase B, um anticorpo produzido para combater outra toxina liberada por Streptococcus, conhecida como DNase B. Em ambos os casos o preparo e a maneira de coleta são os mesmos.

O paciente consegue voltar à rotina normalmente após o teste. É importante apenas não carregar peso e fazer esforços com o braço em que a coleta foi feita. Além disso, não existem contraindicações para a realização desse exame; ele é liberado e seguro para todas as pessoas.

Existem riscos em realizar o ASLO?

O ASLO é considerado um exame seguro, não invasivo, simples e praticamente indolor. Dessa forma, não existem riscos e o procedimento é comprovadamente seguro para todos os pacientes.

Onde fazer o exame?

Com uma assinatura da Vale Saúde, você tem desconto em diversos exames de imagem ou laboratoriais, como o ASLO. Além disso, conta com acesso a consultas com mais de 60 tipos de especialidades médicas, incluindo infectologistas, nefrologistas, pediatras, reumatologistas, clínicos gerais e otorrinolaringologistas.

Os atendimentos são feitos de maneira presencial ou por telemedicina, por meio de teleconsultas agendadas com o médico. Para realizar os exames, basta procurar o laboratório ou clínica mais próxima de você em nossa rede de atendimento.

Se você ainda não é assinante, conheça as condições da Vale Saúde e comece a cuidar da sua saúde agora mesmo!

Assine e agende um exame

Para ter acesso aos descontos em exames, escolha a assinatura ideal para você

Faça parte da Vale Saúde e tenha desconto em procedimentos cirúrgicos!

1

Faça seu cadastro e assine

Assinaturas a partir de R$ 14,90/mês, sem carência e sem mudança de preço por idade

2

Baixe o App Vale Saúde

É só acessar a loja de aplicativos de seu celular.

Botão da Play Store
Botão da Apple Store

3

Agende seu exame

Confira a rede credenciada para escolher a melhor opção de laboratório ou clínica para você. Depois, é só agendar seu exame e nos enviar o pedido médico.

Tudo pelo App!

Tire suas dúvidas sobre a Vale Saúde na nossa central de ajuda

Vale Saúde - Logomarca
Vivo - Logomarca

A Vale Saúde é uma assinatura e não um plano de saúde.

*Valores de referência em SP Capital, podem variar dependendo do prestador e região do país, mas o preço exato será informado na solicitação de orçamento e agendamento. Os serviços de saúde são de inteira responsabilidade dos prestadores, sendo a Vale Saúde apenas meio de pagamento e plataforma que conecta o usuário com a rede credenciada. Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.

Copyright © 2022-2023 Vale Saúde. Todos os direitos reservados. CNPJ: 14.336.330/0001-67 | Av. Engenheiro Luis Carlos Berrini, 1.376 - Cidade Moções 04.571-936 – São Paulo/SP – Brasil