Vale Saúde - Logomarca

Sobre a Vale Saúde

Rede de Atendimento

Blog

Ajuda

Audiometria

Exame avalia a capacidade de uma pessoa ouvir e interpretar sons

Ícone de exame médico

Exames laboratoriais e de imagem

A PARTIR DE

R$ 4,90

Consultas presenciais e por telemedicina

A PARTIR DE

R$ 70

Pronto atendimento online com Clínico geral e Pediatra

24H POR DIA

R$ 49,90/consulta

O que é audiometria?

A audiometria é um exame que avalia a capacidade auditiva de uma pessoa. É essencial para detectar e diagnosticar alterações, sendo frequentemente usado para monitorar a audição ao longo do tempo.

Durante o teste, o paciente utiliza fones de ouvido e escuta uma série de tons de diferentes frequências e intensidades em cada ouvido, em uma cabine isolada de ruídos. O exame é simples, indolor e dura cerca de meia hora. É realizado por um fonoaudiólogo ou por um otorrinolaringologista.

Para que serve a audiometria?

A audiometria possibilita determinar o limiar auditivo, ou seja, a menor intensidade de som que uma pessoa consegue ouvir em diferentes frequências. Com base nos resultados, é possível identificar se há perda auditiva, qual é o tipo e em que grau ela está presente.

É um teste fundamental para diagnosticar problemas no ouvido, determinar a extensão da perda auditiva e auxiliar na definição de possíveis tratamentos, como o uso de aparelhos auditivos, terapia auditiva, procedimentos médicos ou até mesmo encaminhamento para cirurgia, dependendo do tipo e da causa da perda auditiva.

Além disso, a audiometria serve para monitorar a evolução da audição ao longo do tempo e ajustar os tratamentos conforme necessário.

Quais são os tipos de audiometria?

Existem quatro tipos principais de audiometria: a tonal, vocal, infantil condicionada e comportamental. Confira a seguir cada uma delas:

Audiometria tonal

Examina a audição do paciente com sons de frequências e intensidades diferentes. É feita para diagnosticar e tratar perdas auditivas e ver a função auditiva do paciente. O teste mostra o grau (leve, moderado, severo ou profundo), e o tipo da perda auditiva, que pode ser:

  • Condutiva: quando o som não chega bem ao ouvido interno devido a algum problema no ouvido externo ou médio, como cera, infecção, furo no tímpano, etc. A pessoa ouve mal sons que são baixos ou quando está em lugares barulhentos. O tratamento é formado por remédio, cirurgia ou aparelho auditivo
  • Sensorioneural: quando o som não é bem captado ou transmitido ao cérebro por algum dano nas células ou no nervo do ouvido interno. A pessoa ouve mal sons de qualquer volume e tem dificuldade para entender a fala. A causa pode ser genética, ruído, idade, entre outras. O tratamento é feito com aparelho auditivo ou implante coclear (prótese eletrônica que ajuda os pacientes a retornarem sua audição)
  • Mista: quando há perda auditiva condutiva e sensorioneural juntas, ou seja, problemas na transmissão e na percepção do som. A pessoa ouve e entende mal sons de qualquer volume e em qualquer lugar. O tratamento depende da causa e do grau de cada tipo de perda auditiva

Audiometria vocal

Testa a audição da pessoa com palavras e sons de intensidades diferentes. A pessoa deve repetir as palavras que o examinador diz. O exame mostra o nível de audição e de compreensão da fala. É feito para diagnosticar e tratar problemas auditivos que prejudicam a linguagem, como surdez, dislexia, afasia, etc.

Audiometria infantil condicionada

Avalia a audição de bebês e crianças pequenas com sons variados, com objetivo de identificar problemas auditivos, que podem atrapalhar a fala e a comunicação. É realizado em um lugar silencioso, com técnicas especiais para fazer a criança reagir aos sons. É feito de forma divertida e adequada à idade dela. Existem vários métodos para fazer esse teste, e eles mudam conforme a faixa etária e a capacidade da criança. Alguns métodos são:

  • Condicionamento visual: usa brinquedos, luzes ou figuras para chamar a atenção da criança para os sons
  • Resposta condicionada: pede à criança para fazer uma ação, como montar um quebra-cabeça ou apertar um botão quando ouvir um som

Esses métodos são feitos para tornar o exame mais legal e fácil para a criança.

Audiometria comportamental

Verifica a audição da criança com sons variados. É feito em um lugar silencioso, com ela no colo de um adulto, sem ou com fones de ouvido. O examinador observa como a criança reage aos sons, como olhar, sorrir, mexer a boca, etc.

É aplicado em crianças de até 2 anos, que não podem fazer outros testes de audição. No exame mostra se ela tem algum problema ou perda auditiva, que atrapalham o seu aprendizado da fala e da linguagem. O profissional de saúde que faz o teste deve considerar o nível de desenvolvimento do paciente.

Como é feita a audiometria?

O paciente é posicionado confortavelmente em uma sala silenciosa, usando fones de ouvido ou inserções auriculares, dependendo do tipo de audiometria a ser realizada.

O profissional de saúde explica o procedimento ao paciente, descrevendo como ele será conduzido e o que é esperado durante o teste.

Ao longo do procedimento, o paciente ouve diferentes tons puros em cada ouvido, variando em frequência e intensidade. Os tons são apresentados em níveis que alternam de audíveis a inaudíveis. O paciente responde indicando quando ouvir o som, normalmente pressionando um botão ou levantando a mão.

Os resultados são registrados em um audiograma, um gráfico que mostra as respostas do paciente em diferentes frequências. Isso ajuda a determinar a audição em cada ouvido e identificar qualquer perda auditiva.

Em alguns casos, especialmente para avaliar a compreensão da fala, são apresentadas palavras ou frases para o paciente repetir.

Com base nas respostas, o profissional de saúde avalia a audição, identificando qualquer perda auditiva, seu tipo, grau e configuração.

Todo o processo é realizado cuidadosamente e de maneira não invasiva. Os resultados obtidos na audiometria são importantes para diagnosticar problemas auditivos, determinar a extensão da perda auditiva e orientar possíveis tratamentos.

Quando é preciso fazer uma audiometria?

Uma audiometria é recomendada em várias situações para avaliar a saúde auditiva. Aqui estão algumas:

  • Exame de rotina: é recomendável fazê-lo periodicamente, especialmente para pessoas em profissões com alto nível de ruído ou para aqueles que já apresentam alguma condição auditiva
  • Sinais de perda auditiva: se houver sinais de perda auditiva, como dificuldade em entender conversas, zumbidos nos ouvidos, sensação de ouvidos tampados ou se a pessoa precisa aumentar o volume da TV ou rádio, é importante realizar o exame
  • Exposição a ruídos intensos: pessoas expostas a ambientes barulhentos no trabalho ou em atividades recreativas, como música alta, máquinas barulhentas, ou que tenham passado por situações de ruído intenso, precisam monitorar a saúde auditiva
  • Exames pediátricos: bebês e crianças pequenas passam pelo teste para detectar precocemente problemas auditivos que afetam o desenvolvimento da fala e da linguagem
  • Problemas de saúde auditiva: se houver histórico de infecções de ouvido frequentes, lesões no ouvido, problemas genéticos que afetam a audição ou uso de medicamentos ototóxicos (compostos químicos, presentes em medicamentos que causam danos em estruturas e funções do ouvido interno)
  • Avaliação médica específica: parte de uma avaliação médica mais abrangente para identificar possíveis problemas de saúde

Geralmente, se houver qualquer preocupação com a audição ou se estiver em uma categoria de risco, é prudente realizar uma audiometria. É importante discutir com um profissional de saúde se há alguma razão específica para realizar o teste e qual é a melhor abordagem para a sua situação individual.

O que é detectado na audiometria?

A audiometria detecta diversas doenças ou condições que afetam a audição, algumas delas são:

  • Otites
  • Perfurações no tímpano
  • Labirintite
  • Síndrome de Meniére
  • Trauma acústico
  • Presença e grau de perda auditiva
  • Localização de uma lesão auditiva
  • Avaliação da compreensão da fala
  • Monitoramento de progressão ou mudanças na audição
  • Identificação precoce de problemas auditivos em crianças

Os resultados da audiometria são interpretados por profissionais de saúde qualificados como audiologistas, fonoaudiólogos e otorrinolaringologistas, e ajudam a orientar o diagnóstico e o plano de tratamento para melhorar a qualidade da audição do paciente.

Como se preparar para a audiometria?

O exame é simples, indolor e não invasivo, mas requer alguns cuidados antes de ser realizado. Veja como se preparar:

  • Evite se expor a ruídos fortes e constantes nas 14 horas antes do exame, pois isso pode alterar temporariamente o seu limiar auditivo
  • Durma bem um dia antes do exame, pois isso ajuda na sua percepção dos sons
  • Informe ao profissional de saúde sobre qualquer condição de saúde, ou hábito que influencie no resultado da audiometria, como uso de medicamentos, infecções, perfurações no tímpano, etc
  • Siga as orientações do profissional que realizará o exame

Existem contraindicações?

A audiometria é um exame que não apresenta contraindicações específicas. No entanto, existem algumas situações que podem limitar ou interferir em sua realização, ou na interpretação dos resultados, como:

  • Pacientes com distúrbios neurológicos, como esclerose múltipla, que afetam a condução dos estímulos auditivos pelo nervo auditivo
  • Idosos que apresentam redução na sensibilidade auditiva, dificultando a percepção dos sons emitidos pelo exame
  • Pessoas com problemas no ouvido médio, como perfurações no tímpano, otites ou cera, que impedem a passagem do som ou causar desconforto ou danos ao sistema auditivo
  • Pessoas expostas a ruídos intensos ou constantes nas horas anteriores ao exame, pois isso altera temporariamente o limiar auditivo
Assine e agende um exame

Para ter acesso aos descontos em exames, escolha a assinatura ideal para você

Faça parte da Vale Saúde e tenha desconto em procedimentos cirúrgicos!

1

Faça seu cadastro e assine

Assinaturas a partir de R$ 14,90/mês, sem carência e sem mudança de preço por idade

2

Baixe o App Vale Saúde

É só acessar a loja de aplicativos de seu celular.

Botão da Play Store
Botão da Apple Store

3

Agende seu exame

Confira a rede credenciada para escolher a melhor opção de laboratório ou clínica para você. Depois, é só agendar seu exame e nos enviar o pedido médico.

Tudo pelo App!

Tire suas dúvidas sobre a Vale Saúde na nossa central de ajuda

Vale Saúde - Logomarca
Vivo - Logomarca

A Vale Saúde é uma assinatura e não um plano de saúde.

*Valores de referência em SP Capital, podem variar dependendo do prestador e região do país, mas o preço exato será informado na solicitação de orçamento e agendamento. Os serviços de saúde são de inteira responsabilidade dos prestadores, sendo a Vale Saúde apenas meio de pagamento e plataforma que conecta o usuário com a rede credenciada. Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.

Copyright © 2022-2023 Vale Saúde. Todos os direitos reservados. CNPJ: 14.336.330/0001-67 | Av. Engenheiro Luis Carlos Berrini, 1.376 - Cidade Moções 04.571-936 – São Paulo/SP – Brasil