Vale Saúde - Logomarca

Sobre a Vale Saúde

Rede de Atendimento

Blog

Ajuda

Saúde V


Saúde e Bem-estar

Alimentação

Dicas e Curiosidades

Exames

Saúde Mental

Saúde e Bem-estar

Você ainda não faz lavagem nasal diariamente? Pois deveria

13 de

março

de 2023

você ainda não faz lavagem nasal diariamente
assinatura vale saúde

Conheça os benefícios da prática que pode melhorar a respiração e prevenir crises alérgicas

Quando o inverno chega é comum alternarmos entre o “atchim” e o “cof cof”, não é mesmo? Senão você, algum familiar ou amigo com certeza sofre mais nesse período em que as temperaturas oscilam bastante e a pouca chuva, principalmente no Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país, deixam o clima mais seco.

As gripes, resfriados e crises alérgicas, as famosas ites: rinite e sinusite principalmente, se tornam muito mais frequentes e aí não importa a idade: cada pessoa sente mais ou menos desconforto, que acaba sendo pior no período da noite. É justamente por isso que os médicos recomendam dedicar um tempo para fazer a lavagem nasal diária, um cuidado conhecido há décadas e que pode ajudar na prevenção de crises alérgicas como também facilitar a nossa respiração. Saiba mais.

Assine o App da Vale Saúde: Pronto Atendimento Online 24h por R$ 49,90

Mas, qualquer pessoa pode fazer?

Em linha geral, os otorrinolaringologistas indicam que bebês, adultos e idosos podem fazer a lavagem nasal, pois a prática pode aliviar o acúmulo de secreção, além de manter o nariz hidratado.

Mas é importante fazer a lavagem nasal da forma correta e repeti-la pelo menos 2 vezes ao dia, mesmo sem sintomas de gripe, resfriados ou crises alérgicas, pois a lavagem nasal colabora para que bactérias ou vírus não se acumulem no nariz e sigam para os demais órgãos do sistema respiratório, como a faringe, a laringe, a tranqueia, os brônquios e os pulmões, além dos seios da face (a região acima das bochechas e no centro da testa).

Somente crianças portadoras de neuropatias, idosos e pessoas que tenham tido AVC (acidente vascular cerebral ou “derrame”, como é mais conhecido), por exemplo, não devem realizar a lavagem nasal devido aos riscos de engasgo. Por isso, é fundamental conversar com o médico e obter as orientações adequadas para você.

Assine o App da Vale Saúde: Plano Individual por R$ 14,90/mês

Como fazer a lavagem nasal?

A recomendação inicial é que a lavagem nasal seja feita com soro fisiológico (líquido formado a partir do cloreto de sódio 0,9% ou, em outras palavras, a combinação entre água e sal em uma proporção semelhante aos fluídos corporais) em temperatura ambiente ou morno, mas, em hipótese alguma, gelado. O soro fisiológico pode ser adquirido em farmácias de todo o Brasil, mas também pode ser feito em casa. Continue lendo e saiba como fazer soro para lavagem nasal em casa.

Apenas é importante que pais e responsáveis fiquem atentos quanto à quantidade de soro fisiológico que deve ser utilizada para a lavagem nasal dos recém-nascidos, uma vez que ela é bem menor do que a quantidade indicada para os adultos, por exemplo. Por isso, é importante obter a orientação do pediatra.

Assine o App da Vale Saúde: Plano Familiar por R$ 21,90/mês

Como fazer em casa o soro para a lavagem nasal!

Como uma alternativa mais barata e igualmente eficiente para realizar a lavagem nasal, os médicos sugerem uma receita de soro caseiro. Por isso, papel e caneta na mão para anotá-la ou tire uma foto e encaminhe a dica do Blog Saúde V para os amigos e familiares. Você vai precisar de:

  • 250 ml de água filtrada, fervida ou mineral
  • 1 colher de café rasa com sal
  • ¼ de colher de café de bicarbonato de sódio (que pode ser adquirido em farmácias)

Misture bem e lembre-se: essa solução de soro feita em casa é recomendada apenas para realizar a lavagem nasal. Ou seja, não deve ser utilizada para fazer as nebulizações (ou inalações, como são mais conhecidas) e nem para beber.

Para lavar o nariz, você deve colocar o soro caseiro em seringas (sem agulhas, é claro), lotas ou em garrafinhas específicas para fazer a lavagem nasal. É fundamental que a pessoa que estiver realizando a lavagem em sua narina fique em pé e mantenha a cabeça para baixo e levemente inclinada para a narina oposta à que vai receber o jato de soro.

Já os bebês e crianças devem contar com o apoio de pais ou responsáveis para garantir que a lavagem nasal será feita da forma correta e evite engasgos.

Assine o App da Vale Saúde: Desconto em medicamentos de até 35%

  • Somente faça a lavagem nasal com soro fisiológico (solução de cloreto de sódio 0,9%) ou com soro caseiro (receita acima). Mas, não inclua remédios nessas soluções!
  • O soro precisa estar em temperatura ambiente ou morno, mas nunca gelado. Para saber se o soro está morno, antes de aplicar nas narinas, faça um teste colocando um pouco da solução em sua pele.
  • A lavagem nasal não deve ser feita com rapidez ou pressão para evitar os engasgos, desconfortos ou até que o soro chegue aos ouvidos.
  • Se optar pelo soro fisiológico, aquele que compramos em farmácias, ele pode ser guardado na geladeira por até 15 dias. A embalagem deve estar bem fechada e antes do uso, o soro deve estar em temperatura ambiente ou morno.
  • Em bebês e crianças não é indicado fazer a lavagem nasal após as mamadas ou refeições, pois o procedimento pode provocar choros que, consequentemente, geram náuseas e até vômitos. Também não faça com as crianças deitadas.
  • É importante também conversar com o pediatra dos bebês e crianças para que ele recomende a quantidade adequada de soro para realização da lavagem nasal e a frequência da prática. Exemplo: 2 vezes ao dia ou mais. Lembre-se que esse público usa uma quantidade menor de soro em comparação com os adultos.
  • Após a lavagem nasal é fundamental lavar a seringa ou garrafinha com água e sabão neutro e armazená-las em ambiente seco para evitar que a umidade promova a proliferação de fungos.

*As informações divulgadas pelo Blog Saúde V são exclusivamente de caráter informativo. Elas não substituem a avaliação, diagnóstico, acompanhamento e recomendação do seu médico.

Lavagem Nasal



vale saúde sempre assinatura post

Escrito por Vale Saúde

A Vale Saúde é uma marca Vivo e oferece serviço de assinaturas com descontos e preços acessíveis para você cuidar melhor da sua saúde.

Posts Relacionados

o que é passiflora

O que é Passiflora e como prevenir sintomas de estresse

A flor, conhecida como “flor da paixão”, pode te ajudar a prevenir estresse e ansiedade

Sono excessivo: quando o cansaço diurno pode indicar um problema mais grave?

Sono excessivo: cansaço diurno pode ser um problema?

Manter hábitos saudáveis na sua rotina é essencial para evitar o cansaço diurno

Como o nutricionista atua no controle e prevenção de doenças?

Como o nutricionista atua na prevenção de doenças?

Nutrição é fundamental no acompanhamento e tratamento de pacientes com problemas crônicos

Receba novidades em seu email

Inscreva-se na nossa newsletter

Ao se inscrever, você concorda com os termos de uso, a política de privacidade e em ser contatado por SMS, e-mail e telefone.

Tire suas dúvidas sobre a Vale Saúde na nossa central de ajuda

Vale Saúde - Logomarca
Vivo - Logomarca

A Vale Saúde é uma assinatura e não um plano de saúde.

*Valores de referência em SP Capital, podem variar dependendo do prestador e região do país, mas o preço exato será informado na solicitação de orçamento e agendamento. Os serviços de saúde são de inteira responsabilidade dos prestadores, sendo a Vale Saúde apenas meio de pagamento e plataforma que conecta o usuário com a rede credenciada. Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.

Copyright © 2022-2023 Vale Saúde. Todos os direitos reservados. CNPJ: 14.336.330/0001-67 | Av. Engenheiro Luis Carlos Berrini, 1.376 - Cidade Moções 04.571-936 – São Paulo/SP – Brasil