Vale Saúde - Logomarca

Saúde V


Saúde e Bem-estar

Alimentação

Dicas e Curiosidades

Exames

Saúde Mental

Top10 Saúde

Saúde e Bem-estar

Canelite: entenda a doença que afeta atletas

14 de

novembro

de 2023

canelite
assinatura vale saúde

Doença em que a pessoa sente muita dor na perna é causada pela inflamação ao redor da tíbia

O que é canelite?

Também conhecida como “síndrome de estresse do medial tibial”, a canelite é uma inflamação que acontece ao redor da tíbia (osso que forma a canela). Esse osso é envolto por nervos, músculos e outras estruturas que podem ficar sensibilizadas pelo processo inflamatório.

Pode ser que a inflamação atinja o próprio osso e, caso aconteça, esse será um problema ainda maior e perigoso. Vale lembrar que se o paciente não tratar a canelite corretamente, a tíbia sofrerá fratura devido ao estresse excessivo no membro.

Assine o App da Vale Saúde: Plano Individual por R$ 14,90/mês

Canelite em atletas

Outro grupo que sofre bastante com canelite são os atletas. De acordo com um levantamento feito pela Universidade de São Paulo, cerca de 35% dos atletas sofrem com essa inflamação.

Como alguns praticam esportes de impacto (corrida e salto), a lesão pode ser muito dolorosa e incapacitante, o que afeta negativamente o desempenho durante as atividades. Vale lembrar também que atletas de outras modalidades, como é o caso do futebol, também sofrem com canelite. Isso porque são práticas que exigem paradas e retomadas bruscas nos pés.

A canelite não é algo que impedirá para sempre a prática de corridas e outras atividades físicas. Médicos recomendam repouso de uma semana a três meses.

A dica é recomeçar de maneira mais leve os treinamentos para ir acostumando o corpo e, é claro, os ossos dos pés. Faça alongamento antes de cada exercício porque é superimportante para evitar lesões.

Sintomas da canelite

As pessoas que adquirem canelite geralmente sentem os primeiros incômodos durante os exercícios físicos. Dentre os principais sintomas da canelite, estão:

  • Dor intensa na canela
  • Inchaço nas pernas
  • Fraqueza nos pés
  • Dor ao caminhar
  • Dor ao praticar exercícios físicos
  • Vermelhidão no local

Tipos de canelite

Assim como boa parte das síndromes, a canelite acontece em mais de um tipo. São eles:

Canelite anteromedial: causa dor na parte superior da tíbia, dentro da perna ou na frente da canela

Canelite posterolateral: causa dor na parte de baixo da canela, ao lado de fora da perna ou atrás do osso

Todo mundo pode ter canelite?

Como a canelite é uma inflamação que ocorre após o excesso de atrito nas canelas, qualquer pessoa pode adquirir a síndrome.

Uso de calçados que exigem muito esforço dos músculos dos pés, calçados velhos que não têm mais tantas molas ou a sola não é mais confortável e histórico de osteoporose são algumas das causas que podem estar no dia a dia de todos.

Fatores de risco para o desenvolvimento da canelite

Os fatores de risco para o desenvolvimento da canelite são, principalmente, pessoas sedentárias que iniciam uma rotina de corridas ou caminhadas, aumento repentino na duração dos exercícios físicos, praticar atividades físicas em terrenos irregulares, ou seja, com o chão não tão plano.

Outros fatores que podem causar canelite são pessoas que têm pés planos e pronados (pé chato), pés cavos (com uma curvatura que lembra um arco) e sobrepeso.

Como prevenir a canelite

Há algumas práticas diárias importantes para a prevenção da canelite. Com elas, dificilmente essa inflamação lhe atingirá. São elas:

  • Praticar exercícios físicos de forma moderada (de preferência, caso seja possível, com o auxílio de um profissional da área)
  • Evitar exageros durante as atividades físicas
  • Alongar o corpo antes e depois dos exercícios físicos
  • Fazer o uso de calçados confortáveis
  • Sempre que puder, andar descalço

Assine o App da Vale Saúde: Plano Familiar por R$ 21,90/mês

Como o uso de bons tênis pode prevenir a canelite

Como foi falado anteriormente, quem pratica corrida está sujeito a adquirir canelite. Por esse motivo, é essencial investir em bons tênis, pois eles serão seus maiores aliados na prevenção.

O calçado incorreto pode fazer a canela ficar sobrecarregada, desalinhando o impacto dos pés no chão e causando a canelite. Para evitar que isso aconteça, é indicado um tipo de tênis que tenha boas tecnologias de sistema de amortecimento.

Tratamento para a canelite

A infecção da canelite é algo doloroso, mas tem cura. Um dos processos primários para o tratamento é o repouso total do paciente. De uma semana a três meses, dependendo do estágio que ela estiver, a pessoa precisa evitar ao máximo forçar os pés.

Os médicos geralmente prescrevem medicamentos anti-inflamatórios (orais ou tópicos) para diminuir a dor e a inflamação. Mas deixe essa parte para os profissionais da saúde e evite se medicar por conta própria.

Sessões de fisioterapia também podem ocorrer para diminuir a dor e acelerar a recuperação.

O que fazer para evitar a dor da canelite durante os exercícios?

Nos últimos anos, houve um aumento no número de brasileiros que começaram a fazer exercícios físicos. De acordo com uma pesquisa feita pela Agência Brasil, 48% da população faz com regularidade alguma atividade física.

Com as academias cada vez mais cheias, é preciso redobrar a atenção na forma correta de fazer os exercícios, então procure um profissional da área para te auxiliar.

Além das dicas anteriores de fazer o uso de um bom calçado e não pegar pesado em treinamentos na região dos pés, há alguns exercícios recomendados para fortalecer essa região. São eles:

  • Sentado em um local confortável, com os joelhos esticados, posicione entre os pés um halter ou objeto com peso não muito alto e faça o movimento de levantar para cima com os pés
  • Outro bom exercício é fazer uma flexão com os pés no chão. Leve um dos joelhos ao chão, no mesmo nível que os pés e depois suba levemente. Faça as repetições até sentir fadiga

Lembrando que esses exercícios não substituem uma consulta com um médico especialista. São apenas exercícios para fazer antes de cada corrida ou caminhada.

Quem faz o diagnóstico da canelite?

Quem faz o diagnóstico da canelite é um médico ortopedista que conduzirá uma conversa inicial sobre suas dores, uma avaliação clínica e em seguida solicitará alguns exames para verificar a gravidade da inflamação. Geralmente os profissionais pedem uma ressonância magnética de toda a perna.

É importante ir a um ortopedista, pois pode acontecer de confundir canelite com outros tipos de lesões, como é o caso de fratura de estresse, a síndrome compartimental de esforço (aumento da pressão nos tecidos internos dos pés), compressão do nervo da tíbia, infecções e neoplasia (crescimento exagerado e incorreto de qualquer tipo de células no organismo, o que dá origem a um tumor).

A Vale Saúde te ajuda a encontrar os melhores ortopedistas!

Assine o App da Vale Saúde: Pronto Atendimento Online 24h por R$ 49,90

Ao assinar a Vale Saúde, você terá em poucos cliques acesso a mais de 60 especialidades, incluindo ortopedistas e traumatologistas. Garanta seu fácil acesso a consultas médicas presenciais e online, exames, medicamentos, vacinas, terapias e pacotes cirúrgicos.

Canelite



vale saúde sempre assinatura post

Escrito por Vale Saúde

A Vale Saúde é uma marca Vivo e oferece serviço de assinaturas com descontos e preços acessíveis para você cuidar melhor da sua saúde.

Posts Relacionados

atividade fisica

Atividades físicas: Importância e benefícios

A prática está relacionada a prevenção de doenças, manutenção do peso e melhora da saúde mental

consulta telemedicina

Quando posso fazer uma consulta por telemedicina?

Saiba quais são as especialidades que atendem em consultas online

check-up médico

Você sabe o que é um check-up médico?

Quer saber como se cuidar? Faça o seu check-up regularmente e veja os benefícios

Receba novidades em seu email

Inscreva-se na nossa newsletter

Ao se inscrever, você concorda com os termos de uso, a política de privacidade e em ser contatado por SMS, e-mail e telefone.