Vale Saúde - Logomarca

Sobre a Vale Saúde

Rede de Atendimento

Blog

Ajuda

Unha encravada

Condição pode causar desde um leve incômodo até dores e infecções

O que é a unha encravada?

Também conhecida pelo termo científico onicocriptose, que significa “unha escondida” em grego, a unha encravada acontece quando há um aumento de pressão sobre a unha, fazendo com que ela cresça em direção à pele, o que causa lesões e dores.

O mais comum é que essa condição apareça no dedão do pé, mas também ocorre em outros dedos, inclusive das mãos. Normalmente, a unha cresce verticalmente em relação ao dedo, ou seja, de maneira reta, sem roçar, empurrar ou ferir a pele ao redor.

Mas, quando a unha se expande pela lateral do dedo, pode causar uma inflamação muito incômoda e, em casos mais graves, até levar a infecções com pus na região e muita dor no dia a dia.

O que causa unha encravada?

Há algumas possíveis causas para o surgimento de uma unha encravada, como:

  • Usar sapatos apertados ou de bico fino, que fazem os dedos dos pés ficarem espremidos
  • Cortar as unhas de maneira errada, deixando, por exemplo, as laterais da extremidade muito arredondadas
  • Sofrer traumas, como pisadas, topadas ou batidas
  • Cortar muito a unha, deixando-a pequena demais, o que pode machucar a pele
  • Ter infecções fúngicas na unha, como a onicomicose
  • Realizar certas práticas esportivas, como futebol, futsal ou corrida, que podem causar traumas nas unhas dos pés
  • Usar meias sintéticas ou muito apertadas

O encravamento da unha também acontece por fatores genéticos. Pessoas que têm o dedão do pé muito largo ou desviado para algum lado podem sofrer com compressão maior dos pés em certos modelos de sapatos.

Algumas variações anatômicas e naturais da unha, como as que nascem curvadas, também favorecem o crescimento errado e são capazes de levar ao encravamento.

Além disso, ambientes muito úmidos e o hábito errado de vestir meias e calçados com os pés molhados, deixam a pele molhada e sensível por muito mais tempo, aumentando as chances de desenvolver o problema.

Quais são os principais sintomas?

Os sintomas da unha encravada dependem do desenvolvimento da lesão. Existem três graus para o problema:

  • Grau 1: a pessoa começa a sentir um incômodo ao calçar sapatos ou ao encostar no local
  • Grau 2: o incômodo evolui para uma dor mais forte, e é comum que o dedo fique vermelho e inchado na lateral do dedo e na borda da unha, o que é sinal de inflamação
  • Grau 3: o inchaço aumenta bem mais e a pessoa passa a sentir dor até com os pés descalços. Em muitos casos, a inflamação evolui para uma infecção, e é possível notar a presença de sangue e pus na lateral do dedo

A unha encravada pode causar complicações?

É muito raro que uma unha encravada cause sintomas além de dor, vermelhidão e inchaço. Mas alguns indivíduos, como diabéticos, imunossuprimidos ou quem possui problemas circulatórios, precisam ter muita atenção.

Como esses pacientes apresentam dificuldades de cicatrização, principalmente nas extremidades do corpo (como é o caso dos dedos), e possuem um sistema imunológico mais fraco que o normal, a unha encravada pode gerar problemas mais graves.

Se não for tratado corretamente com a supervisão de um profissional, o quadro pode evoluir para úlceras, celulites, erisipelas (infecção da pele, que consegue atingir a gordura do tecido celular), gangrena (necrose) ou até mesmo osteomielite (infecção dos ossos).

Mesmo em pacientes que não têm essas doenças, uma unha encravada mal tratada pode levar à formação um granuloma piogênico, mais conhecido como carne esponjosa.

Além de provocar dor muito forte, esse tipo de granuloma também causa pus, calor, pulsação e inchaço na região, deformação do dedo, sangramento fácil e dificuldade para caminhar. Muitas vezes, o tratamento é cirúrgico e feito por um dermatologista.

Existe tratamento médico para unha encravada?

Sim e ele é recomendado quando o paciente está com muita dor, como no grau 2. Nesses casos, um podólogo pode ajudar, pois é um profissional capacitado para retirar a parte encravada da unha com um bisturi, de maneira correta, sem provocar outras lesões nem provocar infecções, além de cortar a unha corretamente, evitando que ela volte a encravar.

No entanto, os podólogos não estão aptos a aplicar anestesia, nem realizar procedimentos cirúrgicos. Por isso, se o paciente apresentar muita dor e sinais de infecção, ele deve ser encaminhado para um consultório médico.

Em clínicas ou hospitais, clínicos gerais e dermatologistas podem anestesiar o local para retirar a unha sem causar mais sofrimento ao indivíduo, além de prescrever antibióticos (se houver infecção) e remédios para aliviar a dor.

Algumas pessoas apresentam encravamento da unha com grande frequência e, nessas situações, o médico pode recomendar uma cirurgia. Trata-se da cantoplastia , um processo muito simples, que consegue ser realizado no próprio consultório em poucos minutos.

O objetivo é remover toda a parte lateral da unha, fazendo com que ela seja obrigada a crescer verticalmente. Se mesmo assim ela voltar a crescer errado, pode ser indicada a destruição química por laser ou por cauterização dessa parte lateral da unha.

Como prevenir que a unha encrave?

  • Evite utilizar sapatos apertados ou pontiagudos
  • Evite traumas que podem machucar as unhas e preste atenção para não bater os dedos em móveis ou outros objetos
  • Evite usar meias sintéticas e apertadas
  • Corte a unha de forma reta, respeitando o crescimento natural dela
Assine e agende uma consulta

Escolha uma assinatura ideal para você e agende sua consulta agora:

Especialistas mais indicados para o tratamento

Dermatologista

Tire suas dúvidas sobre a Vale Saúde na nossa central de ajuda

Vale Saúde - Logomarca
Vivo - Logomarca

A Vale Saúde é uma assinatura e não um plano de saúde.

*Valores de referência em SP Capital, podem variar dependendo do prestador e região do país, mas o preço exato será informado na solicitação de orçamento e agendamento. Os serviços de saúde são de inteira responsabilidade dos prestadores, sendo a Vale Saúde apenas meio de pagamento e plataforma que conecta o usuário com a rede credenciada. Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.

Copyright © 2022-2023 Vale Saúde. Todos os direitos reservados. CNPJ: 14.336.330/0001-67 | Av. Engenheiro Luis Carlos Berrini, 1.376 - Cidade Moções 04.571-936 – São Paulo/SP – Brasil