Vale Saúde - Logomarca

Sobre a Vale Saúde

Rede de Atendimento

Blog

Ajuda

Língua geográfica

Caracterizada por lesões na boca que lembram um mapa, condição é benigna e não contagiosa

O que é a língua geográfica?

Língua geográfica, conhecida também como glossite migratória benigna ou eritema migratório, é um transtorno benigno que faz com que apareçam pequenas pápulas (eritematosas) que ficam lisas e avermelhadas, com as bordas em relevo. A condição pode mudar de tamanho e local diariamente, e a sua aparência lembra um mapa geográfico, por isso leva este nome.

A manifestação da doença pode acometer qualquer pessoa, em qualquer momento da vida, mas geralmente aparece em crianças de até 8 anos, predominantemente no sexo feminino. No entanto, essa é uma condição benigna, não ameaça a saúde do paciente e não é contagiosa.

Essas lesões também podem aparecer em outros locais da boca, como no palato (o popular “céu da boca”), nas partes internas das bochechas e nas gengivas - condição conhecida como língua geográfica ectópica.

Quais são os sintomas da língua geográfica?

A língua geográfica normalmente é assintomática e não compromete o paladar do paciente. A condição fica ativa por curtos ou longos períodos de tempo. As lesões na boca podem sumir sem qualquer tratamento e reaparecer depois.

Além dos aspectos, como manchas vermelhas, borda e traços brancos ou de cor clara, a língua geográfica não causa sintomas graves, mas algumas pessoas com a condições sentem desconforto ou sensação de queimação e dor, geralmente causados pela ingestão de alimentos quentes, picantes ou ácidos ou pelo contato da pasta de dente com a língua.

Os principais sintomas de língua geográfica são:

  • Manchas vermelhas, lisas e irregulares na parte superior ou lateral da língua
  • Bordas brancas ou claras na língua
  • Ausência de papilas na região afetada
  • Dor, desconforto ou sensação de queimação ao comer alimentos apimentados ou ácidos
  • Manchas em outras regiões da boca, como mucosas dos lábios, palato ou assoalho da boca

Quais podem ser as causas da língua geográfica?

Essa alteração na língua é rara e não possui uma causa bem definida. No entanto, é mais comum entre pessoas da mesma família, o que indica que pode ter algum fator genético associado ao seu aparecimento.

A aparência de mapa que a língua adquire é resultado de uma inflamação. Normalmente, a língua é coberta com uma camada de pequenas protuberâncias chamadas papilas, mas se por alguma razão algumas dessas protuberâncias semelhantes a dedos desaparecem, as áreas da língua ficarão lisas e vermelhas, com bordas levemente elevadas. Essas áreas afetadas podem mudar de tamanho e localização diariamente, fazendo com que a língua pareça diferente cada vez que você olha para ela.

A condição pode ser hereditária, estar relacionada a doenças como asma, rinite alérgica, psoríase e estresse emocional ou ainda falta de vitaminas.

Quais são os fatores de risco para a condição?

A língua geográfica ocorre em cerca de 3% da população, sendo que as mulheres são mais propensas a essa condição do que os homens. Também afeta os adultos mais jovens com maior frequência. Parece ocorrer em pessoas da mesma família, então pode haver uma relação genética.

Pessoas com língua fissurada, uma condição em que a língua apresenta sulcos profundos e aparência enrugada, também podem ter um risco maior de desenvolver glossite migratória, assim como aquelas que têm deficiência de vitamina B ou doenças inflamatórias da pele, como psoríase e dermatite seborreica. Embora existam alguns distúrbios que ocorrem frequentemente junto com a língua geográfica - distúrbios hormonais, estresse emocional, diabetes juvenil, alergias e síndrome de Reiter - não há evidências reais de que eles sejam a causa dessa condição.

Como é o diagnóstico da língua geográfica?

O diagnóstico é clínico e leva em consideração as características das lesões, que mudam de forma e de local. Em alguns casos, pode ser necessário realizar exames de cultura e biópsia.

Como evitar a condição?

A língua geográfica não pode ser evitada ou curada. Procure manter a higiene da boca em dia e diminuir o consumo de alimentos e bebidas que causem irritação.

Como tratar a língua geográfica?

Embora a língua geográfica possa persistir por semanas, a boa notícia é que, na maioria dos casos não, há desconforto e nenhum tratamento é necessário. Para muitas pessoas, o problema desaparece, mas pode voltar no futuro. Por isso, não existe um tratamento específico para a condição. O desconforto dos sintomas pode ser contornado com analgésicos simples.

Cerca de 5% das pessoas com língua geográfica sentem-se incomodadas com dor ou sensibilidade, principalmente quando comem alimentos condimentados ou ácidos. Se você sentir que sua língua está dolorida, fica facilmente irritada por certos alimentos e bebidas ou está muito inchada (interferindo na alimentação, fala ou deglutição), consulte o dentista para ter um diagnóstico.

Sempre que uma lesão na língua não desaparecer em 10 dias, é recomendado marcar uma consulta com um profissional de saúde para descartar qualquer problema grave.

Nos casos em que houver dor, o médico ou dentista pode prescrever o uso de medicamentos anti-inflamatórios para ajudar a aliviar o desconforto. Para problemas mais leves de ardência ou sensibilidade, evitar alimentos condimentados e bebidas alcoólicas até que o episódio desapareça.

A higiene bucal rigorosa é sempre recomendada, mas preste atenção especial à saúde da sua boca se apresentar língua geográfica. Escove os dentes e a língua duas vezes ao dia e não se esqueça de usar o fio dental diariamente. Você também pode fazer bochechos com um enxaguante bucal, para proteger a boca contra germes por mais tempo, mesmo depois de comer e beber.

Assine e agende uma consulta

Escolha uma assinatura ideal para você e agende sua consulta agora:

Especialistas mais indicados para o tratamento

Dermatologista

Tire suas dúvidas sobre a Vale Saúde na nossa central de ajuda

Vale Saúde - Logomarca
Vivo - Logomarca

A Vale Saúde é uma assinatura e não um plano de saúde.

*Valores de referência em SP Capital, podem variar dependendo do prestador e região do país, mas o preço exato será informado na solicitação de orçamento e agendamento. Os serviços de saúde são de inteira responsabilidade dos prestadores, sendo a Vale Saúde apenas meio de pagamento e plataforma que conecta o usuário com a rede credenciada. Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.

Copyright © 2022-2023 Vale Saúde. Todos os direitos reservados. CNPJ: 14.336.330/0001-67 | Av. Engenheiro Luis Carlos Berrini, 1.376 - Cidade Moções 04.571-936 – São Paulo/SP – Brasil