Vale Saúde - Logomarca

Sobre a Vale Saúde

Rede de Atendimento

Blog

Ajuda

Caxumba

Doença viral altamente transmissível afeta crianças e adultos

Consulta presencial com infectologista

A PARTIR DE

R$ 63*

Consulta online com infectologista

A PARTIR DE

R$ 90*

Desconto em medicamentos

ATÉ

35%

O que é a caxumba?

Caxumba, também chamada de papeira, é uma doença altamente transmissível causada pelo vírus Paramyxovirus, que provoca o aumento das glândulas parótidas, submaxilares e sublinguais, conhecidas como glândulas salivares.

É uma infecção que costuma se manifestar em crianças, mas que também afeta adultos. Os primeiros sintomas de se notar é inchaço entre a orelha e o queixo devido a inflação nas glândulas salivares.

Embora seja uma doença com evolução lenta, que pode demorar entre 14 e 25 dias para surgir, assim que os sintomas aparecerem, é necessário que procure um médico clínico geral ou pediatra para que seja feito o tratamento imediatamente.

É importante lembrar que já existe uma vacina contra a caxumba, chamada de tríplice viral, que faz parte do calendário de vacinação regular. Então, mulheres que queiram engravidar e ainda não tomaram o imunizante, devem se prevenir antes da gestação.

Estudos clínicos detectam altíssimas porcentagens de eficiência da vacina, porém para garantir a proteção, são necessárias duas doses, conforme recomendação da OMS (Organização Mundial da Saúde).

Quais os sintomas da caxumba?

É possível saber se é caxumba ou não pelos sintomas mais comuns, que causam:

  • Febre
  • Mal-estar
  • Dor muscular
  • Dor ao engolir
  • Falta de apetite
  • Inchaço na região do queixo

Se tiver algum sintoma acima, procure imediatamente um médico para que seja tratado. Porém, existem outros sintomas mais graves que podem gerar complicações:

Lembre-se que alguns sintomas a caxumba podem ser confundidos com o da meningite. Por isso, é necessário que procure um médico clínico geral, pediatra ou um infectologista para que seja tratado corretamente.

Como é transmitida a caxumba?

A transmissão da caxumba pode acontecer por meio de gotículas de saliva expelidas pela tosse, espirros e contato pessoal.

O vírus é transmitido em média 5 dias antes dos sintomas aparecerem, mas o período de maior risco é 2 dias antes e 2 dias depois dos surgimentos dos primeiros sintomas, que começa com um inchaço na região do queixo por conta da inflamação nas glândulas salivares. Essa inflamação pode durar até 5 dias, porém o inchaço pode durar até 10 dias.

Vale lembrar, que mulheres em gestação devem ter um cuidado maior, pois caxumba na gravidez é grave e pode levar a um abordo espontâneo. Então, mulheres que queiram engravidar e ainda não tomaram o imunizante, devem se prevenir antes da gestação.

Pessoas que já tiveram caxumba uma vez geralmente ficam imunes a doença e não correm o risco de serem infectadas novamente. E, para as pessoas que nunca pegaram caxumba, é importante que se vacinem para não arriscar serem infectadas.

Como diagnosticar a caxumba?

Para diagnosticar a caxumba, é necessária uma avaliação médica a partir dos sintomas apresentados pelo paciente. Também existem exames que ajudam a identificar a presença de anticorpos contra o vírus.

Existe tratamento para caxumba?

Não existe um tratamento específico para essa doença. Na maioria das vezes o paciente deve repousar e utilizar analgésicos e antitérmicos (paracetamol ou ibuprofeno) para ajudar com os sintomas.

Como prevenir a caxumba?

A melhor medida de prevenção contra a doença é com a vacina, a tríplice viral, que faz parte do calendário de vacinação regular no SUS (Sistema Único de Saúde).

Você deve tomar a vacina com intervalo de 30 dias entre as doses. Vale lembrar que mulheres gestantes não podem tomar a tríplice viral.

Além disso, uma forma de prevenir a caxumba é se isolar de pessoas que estejam com os sintomas da doença.

Caxumba no homem, tem tratamento?

Já falamos aqui que a caxumba pode gerar complicações se não cuidada logo no início dos sintomas.

Um dos sintomas que citamos foi dor e inchaço nos testículos, pois, no caso dos homens, além de afetar as glândulas salivares, o vírus também pode atingir as glândulas dos testículos.

Quando isso acontece, os testículos ficam inflamados, destruindo o epitélio germinativo (local onde acontece a produção de espermatozoides), causando infertilidade no homem.

Principais complicações da caxumba no homem

Inflamação nos testículos

Os sintomas são: dor e inchaço nos testículos, ejaculação e urina com sangue, nódulos nos testículos, febre, mal-estar e desconforto, e excesso de suor na região.

Infertilidade

A infertilidade é uma das consequências mais graves e que pode surgir já na idade adulta. Deve ser diagnosticada com um espermograma (exame que analisa a quantidade de esperma que é produzido).

Assine e agende uma consulta

Escolha uma assinatura ideal para você e agende sua consulta agora:

Especialistas mais indicados para o tratamento

Clínico Geral

Tire suas dúvidas sobre a Vale Saúde na nossa central de ajuda

Vale Saúde - Logomarca
Vivo - Logomarca

A Vale Saúde é uma assinatura e não um plano de saúde.

*Valores de referência em SP Capital, podem variar dependendo do prestador e região do país, mas o preço exato será informado na solicitação de orçamento e agendamento. Os serviços de saúde são de inteira responsabilidade dos prestadores, sendo a Vale Saúde apenas meio de pagamento e plataforma que conecta o usuário com a rede credenciada. Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio.

Copyright © 2022-2023 Vale Saúde. Todos os direitos reservados. CNPJ: 14.336.330/0001-67 | Av. Engenheiro Luis Carlos Berrini, 1.376 - Cidade Monções 04.571-936 – São Paulo/SP – Brasil